Portuguese PT English EN Spanish ES
Simpósio vai debater segurança institucional e inteligência no Poder Judiciário
Simpósio vai debater segurança institucional e inteligência no Poder Judiciário
Arte: CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza, nos dias 12 e 13 de agosto, o Simpósio Nacional para Difusão de Conhecimento de Segurança Institucional e Fomento da Cultura de Inteligência no Âmbito do Poder Judiciário. O evento vai contar com a participação do presidente do CNJ, ministro Luiz Fux, e do adido da Agência Federal de Investigação dos EUA (FBI, na sigla em inglês) no Brasil, David Brassanini.

Na quinta-feira (12/8), além de Fux, estarão presentes o presidente do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário, conselheiro do CNJ Mário Guerreiro, e o diretor do Departamento de Segurança Institucional do Poder Judiciário do Conselho, Luiz Octávio de Carvalho Penna. Na sequência, o painel “Polícia Federal com o advento da Polícia Judicial” terá como palestrante o assessor especial da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) e ex-diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, e como mediador o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) Édison Aparecido Brandão, que é membro do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário.

Em seguida, Luiz Octávio de Carvalho Penna, e o secretário de Segurança do STF, Marcelo Canizares Schettini, falarão sobre “Modernização da segurança institucional no Poder Judiciário: planos, projetos, ações, responsabilidade dos tribunais e atribuições da Polícia Judicial”, com a mediação de Roberta Ferme Sivolella, juíza auxiliar da Corregedoria do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e também membro do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário.

O terceiro painel vai abordar “O Judiciário e o sistema prisional sob o olhar da inteligência”, com o magistrado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) Wagner de Oliveira Cavalieri. A mesa será mediada pelo juiz do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) e membro do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário, Reginaldo Márcio Pereira.

Já na sexta-feira (13/8), a programação começa com o painel “Judicial Security”, com o adido do FBI no Brasil, David Brassanini, e a mediação do secretário de Segurança do STF e membro do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário, Marcelo Schettini. Às 9h50min., o oficial de inteligência João Paulo de Freitas Lamas tratará sobre os fundamentos doutrinários da atividade de inteligência, painel que será mediado pelo gerente de Inteligência da Secretaria de Segurança do STF, Maurício Viégas Pinto.

Viégas participa, em seguida, como palestrante do sexto painel do evento, abordando a atividade de inteligência de segurança institucional no Poder Judiciário. A mediação será feita pelo juiz federal do Superior Tribunal Militar (STM) e membro do Comitê Gestor do Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário, Alexandre Augusto Quintas.

O último painel do Simpósio tratará da “Gestão de riscos – MIGRI e estudos de casos contra magistrados”, com a exposição de Hipólito Alves Cardozo, coordenador de segurança da Secretaria de Segurança do STF, e mediação do diretor do Departamento de Segurança Institucional do Poder Judiciário, Luiz Octávio de Carvalho Penna. Voltado para magistrados e magistradas, servidores e servidoras do Poder Judiciário, o evento está com inscrições encerradas e será realizado pela plataforma Cisco Webex.

Lenir Camimura Herculano
Agências CNJ de Notícias

A
Fechar Menu