Portuguese PT English EN Spanish ES
Divulgado chamamento para volume 2 da quinta edição da e-Revista CNJ
Divulgado chamamento para volume 2 da quinta edição da e-Revista CNJ
Edição mais recente da e-Revista CNJ trouxe artigos sobre os 5 eixos de gestão do ministro Luiz Fux à frente do CNJ. Arte: CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou, na última quarta-feira (14/7), nova convocação de artigos para a e-Revista CNJ. A segunda edição do volume 5 deve ser publicada em 14 de dezembro deste ano e a data limite para submissão de artigos é em 12 de setembro. As pessoas interessadas em submeter seus artigos para publicação deverão acessar o endereço eletrônico da Revista CNJ.

Os temas da nova edição são direitos humanos e meio ambiente; garantia da segurança jurídica; combate à corrupção e ao crime organizado; incentivo ao acesso à Justiça digital; e a uniformização e melhor capacitação dos quadros funcionais da Justiça. Esses assuntos estão relacionados aos eixos da gestão do presidente do CNJ, ministro Luiz Fux.

A e-Revista CNJ tem veiculação semestral e existe para disseminar trabalhos acadêmicos que tenham por objeto o Poder Judiciário ou a prestação dos serviços jurisdicionais no Brasil. Por isso, para publicação, a pessoa deverá ser pós-graduada em nível de mestrado, doutorado ou pós-doutorado em qualquer área de formação.

Os artigos poderão ser assinados por até três pessoas, desde que uma respeite a regra do nível de graduação. Além disso, os trabalhos encaminhados para publicação na revista eletrônica deverão ser inéditos no Brasil e sua publicação não deve estar pendente em outros veículos de publicação, impressos ou eletrônicos. Só é permitida a submissão de um artigo por autor ou autora.

A seleção dos artigos será feita pelo Conselho Editorial da e-Revista, com análise de pareceres técnicos. A e-Revista do CNJ segue requisitos exigidos pelo sistema Qualis-Periódicos – gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A produção é coordenada pela Secretaria Especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do CNJ. A organização está sob a responsabilidade do Departamento de Pesquisas Judiciárias. Todos os artigos enviados para apreciação são analisados tecnicamente por pareceristas com doutorado na área e indicados pelo Conselho Editorial da publicação.

Quinta edição

A mais recente publicação ocorreu em 29 de junho. O volume 5, número 1, traz 16 artigos que destacam os cinco eixos de Luiz Fux. No lançamento do periódico, Fux destacou a importância da publicação. “Atenta aos assuntos mais relevantes para a sociedade, a Revista Eletrônica do CNJ alberga artigos inovadores, respeitando o ineditismo que é exigido de seus articulistas.”

João Carlos Teles
(com supervisão de Sarah Barros)
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu