Portuguese PT English EN Spanish ES
Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região institui novo Plano de Logística Sustentável
Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região institui novo Plano de Logística Sustentável

Desenvolvido como ferramenta de gestão para minimizar os impactos causados ao meio ambiente nos estados do Pará e do Amapá, o Plano de Logística Sustentável (PLS) do Poder Judiciário da 8ª Região é resultado do trabalho conjunto da Comissão Gestora do PLS, da Seção Socioambiental e das unidades responsáveis pela construção coletiva dos indicadores. O novo documento apresenta indicadores mínimos, sua série histórica, bem como as metas a serem alcançadas, possibilitando a avaliação do desempenho da instituição quanto aos temas e práticas sustentáveis estabelecidos pela Resolução CNJ 400/2021.

Além dos indicadores usuais, como gastos com papel, energia elétrica, água e esgoto, o PLS agora também monitora as despesas com contratos de serviços gráficos e a quantidade de contratos celebrados com critério de sustentabilidade dentro da instituição, por meio de dois novos indicadores: apoio ao serviço administrativo e aquisições e contratações.

Podendo ser revisto a qualquer tempo, a Comissão Gestora do PLS realizará monitoramento dos resultados com reuniões bimestrais e revisão dos planos de ações elaborados pelas unidades para o alcance das metas.  O PLS segue, além das diretrizes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), as definições do Planejamento Estratégico do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas.

Confira aqui o novo PLS do TRT8.

Fonte: TRT8

 

Macrodesafio - Promoção da Sustentabilidade

A
Fechar Menu