Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Tribunal goiano doa computadores para ressocialização de jovens
Tribunal goiano doa computadores para ressocialização de jovens
Foto: Wagner Soares/TJGO

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) oficializou a doação de 290 computadores para a secretaria estadual de Desenvolvimento Social, em evento na terça-feira (12). Os equipamentos, que eram usados pelo Poder Judiciário goiano e foram substituídos durante modernização do aparato tecnológico, vão ser utilizados em programas de educação e ressocialização de jovens infratores.

“O TJGO está atento, também, às demandas sociais de nosso estado, não se atendo apenas à melhoria da prestação jurisdicional. É preciso olhar para o todo, de forma que, em minha gestão, conseguimos doar diversos itens que foram apreendidos e estavam sem utilidade nos depósitos judiciários, além de equipamentos que são seriam mais usados por este Poder. Dessa forma, foram destinados, ao uso social, computadoresveículos e roupas e, até mesmo, uma ambulância com Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, afirmou o desembargador Walter Carlos Lemes, presidente do TJGO.

A secretária estadual Lúcia Vânia participou da solenidade e agradeceu a iniciativa do Poder Judiciário. Ela explicou que os aparelhos vão possibilitar a oferta de cursos variados, em parceria com as instituições do Sistema S e a Universidade Federal de Goiás (UFG). “Esses computadores vão prestar um serviço enorme ao nosso estado, em prol da ressocialização e de medidas socioeducativas em várias cidades, a fim de contribuir com jovens que precisam ser reinseridos na sociedade.”

Os computadores doados faziam parte da aparelhagem básica de informática do TJGO. As máquinas eram utilizadas por servidores em suas rotinas de trabalho, mas foram substituídas recentemente por modelos mais novos. “São computadores em perfeito estado, apesar de não terem atualização mais recente para o uso pelo Poder Judiciário. Com a renovação e troca, esses equipamentos iriam para um depósito, de forma que a doação vai servir à finalidade mais nobre possível: a educação de jovens, a fim de possibilitar a reinserção destes jovens na sociedade, evitando a reincidência na prática de delitos”, explicou o diretor geral do TJGO, Rodrigo Leandro.

Participaram também da solenidade o juiz auxiliar da presidência do TJGO, Fabiano Abel de Aragão Fernandes, a diretora administrativa do TJGO, Tatiana Rodrigues, e os integrantes da Secretaria de Desenvolvimento Social Daniela Paula de Freitas Fernandes, Kerima Ferreira Sobrinho, Luíza Victor e Murilo Mendonça Barra.

Fonte: TJGO

A
Fechar Menu