Portuguese PT English EN Spanish ES
Corregedoria-Geral da Justiça do Acre determina implantação do sistema PJeCor
Corregedoria-Geral da Justiça do Acre determina implantação do sistema PJeCor
Arte: CNJ

A Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Acre (Coger) publicou o Provimento n ° 17/2020 que determina a implantação do sistema informatizado, PJeCor, no âmbito do órgão correicional do estado. A Coger encaminhou para a Corregedoria Nacional de Justiça o plano com as ações necessárias para instauração da ferramenta.

A medida, assinada pelo corregedor-geral, desembargador Júnior Alberto, considerou as determinações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e os benefícios que a plataforma vai gerar, como unificação, padronização, garantia maior eficiência, transparência e economia na atuação da Corregedoria-Geral.

Atualmente, a Coger trabalha empregando outro sistema. Mas, com a adoção do PJeCor todos os processos do órgão serão migrados, seguindo o plano e o cronograma de implementação. O Provimento n° 17/2020 define que o prazo para inserir todos os processos em tramitação é até 31 de dezembro deste ano.

Provimento

O documento estabelecendo a obrigatoriedade do programa, também especifica que caso a parte não ter acesso ao PJeCor, excepcionalmente, as petições serão recebidas no e-mail da gerência ou em meio físico.

No artigo 5º do Provimento, ainda é esclarecido que “as unidades judiciais, as direções do foro, as serventias extrajudiciais e as Associações de Magistrados, Servidores, Oficiais de Justiça e Notários e Registradores serão cadastrados no PJeCor, para que possam peticionar diretamente à Corregedoria-Geral de Justiça, bem como receber atos de comunicação processual por meio eletrônico”.

Plano de Implantação

Plano de Implantação do PJeCor feito pela Corregedoria-Geral da Justiça acreana foi enviado ao órgão correicional nacional. O plano apresenta os objetivos, a prioridade de realização de cada item e o passo-a-passo para a execução.

Preparação do sistema de informação para o PJeCor, alteração de normas internadas do Poder Judiciário do Acre, cadastramento de usuários, migração do acervo existente são algumas das macro ações que estão sendo desenvolvidas pela Coger, para garantir a mudança no sistema informatizado de trabalho.

Fonte: TJAC

A
Fechar Menu