Resultado preliminar do Ranking da Transparência do Judiciário é publicado

You are currently viewing Resultado preliminar do Ranking da Transparência do Judiciário é publicado
Foto: Arquivo/CNJ
Compartilhe

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicou, nesta segunda-feira (21/6), o resultado preliminar do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. O objetivo é estimular os órgãos do Judiciário a disponibilizarem suas informações de forma mais clara e padronizada à sociedade, tornando mais fácil e transparente o acesso aos dados de gestão.

A partir desta terça-feira (22/6), tribunais e conselhos terão cinco dias úteis para, caso entendam necessário, recorrer contra os itens considerados não atendidos pelo CNJ. A novidade da 4ª Edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário é que os recursos são feitos por meio de questionário eletrônico cujo link foi enviado aos órgãos, o que garante mais segurança ao processo.

Conheça o resultado preliminar do Ranking de Transparência 2021

Instituído na Resolução CNJ n. 215/2015, o Ranking avalia anualmente o grau de informação que é disponibilizado à população. Os itens sob avaliação estão distribuídos em nove temas, com 83 perguntas que buscam identificar, por exemplo, se os órgãos do Judiciário publicam: os objetivos estratégicos, metas e indicadores; os levantamentos estatísticos sobre a atuação do órgão; o calendário das sessões colegiadas; a ata das sessões dos órgãos colegiados; o campo denominado ‘Serviço de Informações ao Cidadão’ na página inicial; informações sobre licitações e contratos, entre outros.

Agência CNJ de Notícias