Portuguese PT English EN Spanish ES
Programa da Justiça mineira nas escolas faz a diferença na prevenção do suicídio
Programa da Justiça mineira nas escolas faz a diferença na prevenção do suicídio
Foto: TJMG

O juiz Serlon Silva Santos, da Vara Criminal, da Infância e da Juventude da Comarca de Patrocínio (MG), foi um dos palestrantes do II Simpósio Nacional de Prevenção ao Suicídio e Automutilação, realizado na quarta-feira (16/9). O magistrado apresentou o exemplo do programa Justiça na Escola, que atua no combate à violência e à evasão escolar.

Promovido pela Frente Parlamentar de Prevenção ao Suicídio, o encontro virtual foi dividido em dois módulos. O tema foi “Esperança em meio à crise: como superar a depressão e a ansiedade pós-pandemia”.

Um dos convidados do segundo módulo, o juiz Serlon Silva Santos compartilhou a experiência exitosa do programa Justiça na Escola, implantado em Patrocínio e região. O projeto idealizado pelo magistrado atua junto aos alunos na valorização da vida, com abordagens específicas acerca da prevenção e do combate à automutilação e ao autoextermínio.

De acordo com o juiz, a iniciativa acumula dados que comprovam a redução do índice de indisciplina entre os estudantes e uma significativa melhora no comprometimento dos pais e responsáveis com a vida escolar dos filhos.

Fonte: TJMG

A
Fechar Menu