Portuguese PT English EN Spanish ES
Núcleo de Justiça 4.0 em MT poderá atuar em ações já em tramitação
Núcleo de Justiça 4.0 em MT poderá atuar em ações já em tramitação
Arte: TJMT
Compartilhe

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) concentrou força de trabalho especializada e adequou o Núcleo de Justiça Digital de Direito Bancário ao novo conceito de Núcleo de Justiça 4.0, para que possa atuar em apoio às unidades judiciárias. As proposições foram apresentadas pelo corregedor-geral do TJMT, desembargador José Zuquim Nogueira e aprovadas nos termos do voto da relatora, a desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas, presidente do Judiciário estadual.

Agora, está autorizada a atuação dos Núcleos nas ações já em tramitação. E o Núcleo de Justiça Digital de Direito Bancário ampliou sua competência para que atuar em apoio às unidades judiciárias do TJMT, por meio do processo e julgamento de ações já em tramitação. A relatora ressalta que tais alterações não acarretam em aumento de despesas, já que apenas está se adequando o campo de abrangência dos Núcleos ao novo conceito trazido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pela Resolução n. 398/2021, que autoriza a atuação dos Núcleos também no acervo preexistente.

Fonte: TJMT

Macrodesafio - Aperfeiçoamento da gestão administrativa e da governança judiciária

A
Fechar Menu