Portuguese PT English EN Spanish ES
III Fórum Nacional das Corregedorias nesta segunda (8/6) tem formato virtual
III Fórum Nacional das Corregedorias nesta segunda (8/6) tem formato virtual
Arte: CNJ

A Corregedoria Nacional de Justiça realiza na segunda-feira (8/6) o III Fórum Nacional das Corregedorias (Fonacor). Nesta edição, o fórum é de forma inteiramente virtual pela plataforma Cisco Webex, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19).

A abertura está marcada às 9h30, com o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, e o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins. Martins apresenta palestra com o tema “Os desafios das Corregedorias Judiciais em tempos de Covid-19”.

O evento promove a discussão e apresentação de soluções e projetos para o enfrentamento dos desafios atuais dos corregedores federais, eleitorais, trabalhistas, militares e estaduais. O público-alvo são os corregedores de Justiça Federal, Justiça do Trabalho, Justiça Militar, Justiça Eleitoral e Justiça Estadual e respectivos juízes auxiliares.

A coordenação científica do evento é dos desembargadores Fernando Cerqueira Norberto, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), e Fernando Tourinho de Omena Souza, do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), do juiz auxiliar coordenador da corregedoria nacional, Márcio Luiz Coelho de Freitas, e da juíza Silvana Cansanção de Albuquerque.

Os palestrantes do III Fonacor são os juízes auxiliares da corregedoria nacional Marcio Luiz Coelho de Freitas, que fala sobre a regulamentação e cronograma de implantação do PJeCor; Daniel Carnio Costa, que destaca o sistema de controle de pagamentos para magistrados no Conselho Nacional de Justiça; Kelly Cristina Costa, que apresenta os resultados das inspeções da corregedoria nacional; e Sandra Silvestre e Alexandre Chini, que destacam as ações da corregedoria nacional em favor da cidadania.

Veja a programação completa e mais informações sobre o III Fonacor

Visibilidade do trabalho

O Fonacor foi instituído pelo Provimento nº 80, de 4 de dezembro de 2018, presidido pelo corregedor nacional de Justiça e integrado por todos os corregedores-gerais das Justiças Federal, Estadual, do Trabalho, Militar e demais especializadas. Com sede em Brasília, o Fórum se reúne em sessões ordinárias e, extraordinariamente, mediante convocação do presidente.

Segundo o ministro Humberto Martins, a criação do Fonacor permitiu, além da troca de experiências, uma maior visibilidade do trabalho realizado pelas corregedorias, tanto na questão disciplinar, quanto na administrativa. No encerramento, o corregedor realiza a leitura da Carta do III Fonacor, com as principais considerações dos participantes.

Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu