Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Homens acusados de violência doméstica fazem atividade reflexiva
Homens acusados de violência doméstica fazem atividade reflexiva

  Homens envolvidos em crimes de violência doméstica que estão na Cadeia Pública de Porto Alegre participaram de uma atividade para refletir sobre as causas e consequências dos atos que cometeram contra mulheres. A dinâmica, proposta pela Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar, faz parte da programação da 10ª Semana da Justiça pela Paz em Casa.

 Na manhã de terça-feira, 6/3, 24 homens participaram de forma voluntária do encontro que contou com a participação do Juiz-Corregedor Alexandre de Souza Costa Pacheco. O magistrado falou sobre a gravidade da conduta de homens agressores.

“É preciso ter consciência do que acontece com a vida das mulheres e com a vida de vocês, porque a prisão é uma medida extrema. Este tempo tem que servir para vocês refletirem que exemplo estão dando para os filhos e porque não conseguem respeitar as mulheres”, afirmou o Juiz, ao comentar que o Brasil é o quinto país com maior número de casos de violência contra mulheres. 

Juiz Alexandre Pacheco aconselhou que reflitam sobre o exemplo que estão dando aos filhos ao não respeitarem as mulheres.Atividade também incluiu meditação e palestra,ministrada por integrantes do JudiciárioO restante da atividade ficou a cargo do voluntário José Luís Vargas, que conduziu o grupo em uma meditação.

Logo depois, a Psicóloga do Poder Judiciário Ivete Machado Vargas fez uma palestra sobre a condição feminina na sociedade e o papel dos homens. Ela falou também das questões culturais e educacionais nas relações de gênero. O Psicólogo Giovani Gatto, do Centro Judiciário de Formação de Pessoas do Judiciário (CJUD), também participou do encontro.Confira o restante da programação deste mês: Semana da Justiça pela Paz em Casa.

A
Fechar Menu