Portuguese PT English EN Spanish ES
CNJ apresenta pesquisa sobre cobertura da mídia no sistema prisional nesta quinta (20/5)
CNJ apresenta pesquisa sobre cobertura da mídia no sistema prisional nesta quinta (20/5)
Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, Boa Vista. Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Três em cada quatro matérias veiculadas na imprensa sobre casos criminais trazem apenas argumentos da acusação. Essa e outras informações serão apresentadas nesta quinta-feira (20/5), às 17h, durante o Seminário de Pesquisas Empíricas aplicadas a Políticas Judiciárias, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A pesquisa “Mídia, Sistema de Justiça Criminal e Encarceramento: narrativas compartilhadas e influências recíprocas” analisou 474 notícias de 63 jornais, dividindo em 16 tipos de crimes, no período de 2017 e 2018.  Os dados serão apresentados pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), com transmissão ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube.

O estudo examinou, entre outros aspectos, as características gerais do consumo de mídia e das notícias. De acordo com os dados, as matérias são majoritariamente informativas – chegando a 100% dos casos entre as analisadas na região Centro-Oeste – e sobretudo reportagens. Notícias contextuais-explicativas, que trazem mais fontes e se dedicam com mais detalhes ao tema, são minoria em todas as regiões.

Seminário  

Os Seminários de Pesquisas Empíricas aplicadas a Políticas Judiciárias são realizados todas as quintas-feiras, ao longo do primeiro semestre. O próximo encontro está marcado para o dia 27 de maio, com o lançamento da pesquisa “Conflitos fundiários coletivos urbanos e rurais: uma visão das ações possessórias de acordo com o impacto do Novo Código de Processo Civil”, com apresentação do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper).

Serviço

Seminários de Pesquisas Empíricas aplicadas a Políticas Judiciárias – Lançamento da pesquisa “Influências recíprocas entre a imprensa jornalística impressa e digital e o sistema de justiça: papéis compartilhados na superlotação e superpopulação carcerária no Brasil”
Quando: quinta-feira (20/5), das 17h às 19h30
Onde: canal do CNJ no YouTube

Lenir Camimura Herculano
Agência CNJ de Notícias 

Assista ao Seminário no canal do CNJ no YouTube

A
Fechar Menu