Portuguese PT English EN Spanish ES
Nova marca do PJe é lançada em webinar sobre automação
Nova marca do PJe é lançada em webinar sobre automação

Com 450 participantes simultâneos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) iniciou na sexta-feira (24/4) o Programa de Formação para Automação Avançada no Processo Judicial Eletrônico (PJe). No evento de abertura, o presidente do CNJ e Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, apresentou a nova logomarca do PJe. Ele destacou que, com a adoção de um programa permanente de formação, o CNJ iniciou uma ação que muda a maneira como se olha a experiência da jurisdição digital em nosso país.

“O PJe, como todos sabem, é a plataforma de tramitação de processos que tem transformado o Poder Judiciário brasileiro. Maior celeridade, redução de gastos e ganhos ambientais são muitas das vantagens, entre tantas outras, da ferramenta”, afirmou. Sobre a nova logomarca, Toffoli ressaltou que o importante é aquilo que ela representa. “Queremos demonstrar a evolução do sistema, que passa a se apresentar como conceito de plataforma, a partir do desenvolvimento de diversos projetos de melhoria da infraestrutura, inovação, expansão de módulo, robotização e o uso da inteligência artificial.”

Ao apresentar o Programa de Formação para Automação Avançada no PJe, o juiz auxiliar da Presidência do CNJ Bráulio Gusmão enfatizou que os webinars proporcionarão um salto de qualidade no PJe. Ele explicou que o sistema possui uma ferramenta de BPM (Business Process Management, em português, Gerenciamento de Processos de Negócio) que é utilizada para modelagem dos processos de trabalho. “No PJe, o BPM é responsável por montar todo o fluxo de atividade judicial. Apesar dessa vantagem, a experiência tem mostrado que esse recurso é subutilizado. Há potencial para imprimir uma grande automação, com o compartilhamento de soluções aplicadas.”

Segundo Gusmão, o Programa de Formação para Automação Avançada no PJe pretende explorar o grande espaço para melhorias da plataforma e mitigar os desafios.

Nova metodologia

O primeiro webinar foi apresentado pelo técnico da Secretaria de Tecnologia do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) Paulo Porto, que abordou o tema “Nova metodologia para construções de fluxos no PJe utilizando mini fluxos”.

Outros três encontros já estão agendados, para os dias 30/04, 08/05 e 15/05, sempre no modelo de webinar e com início às 14h30. A proposta é que o Programa de Formação seja permanente e com novidades a cada semana.

Jeferson Melo
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu