Portuguese PT English EN Spanish ES
Foto mostra uma mulher, sentada em uma estação de trabalho, usando o computador com dois monitores, onde acessa o PJe.

Justiça Federal da 1ª Região finaliza migração de processo para o PJe

A Justiça Federal da 1ª Região finalizou, no mês de setembro, a migração integral dos processos digitais que tramitavam nos sistemas e-Jur 1º e 2º graus e PJD-EF (Execução Fiscal Virtual no 1º grau). Com a conclusão desse trabalho, agora é possível o fechamento total desses sistemas, e a 1ª

Foto mostra as mãos de uma pessoa usando um computador com dois monitores. Em um deles, está a logomarca do PJe.

Sessenta e quatro unidades da Justiça do Pará recebem certificação 100% PJe

A presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro, promoveu mais uma cerimônia de certificação do selo de qualidade denominado “Unidade 100% PJe”. Desta vez, 64 Unidades Judiciárias atingiram 100% no Índice de Casos Eletrônicos (ICELE). A cerimônia virtual reuniu magistradas e magistrados, servidoras

Tribunais devem classificar processos de crimes por motivação político-partidária

A Corregedoria Nacional de Justiça comunicou aos Tribunais de Justiça e aos Tribunais Regionais Federais (TRFs) a criação do assunto “15169 – Motivação Político-Partidária” na Tabelas Processuais Unificadas (TPUs) geridas e regulamentadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A orientação é que a classificação seja adotada com urgência para registros

Logomarca da Plataforma Digital do Poder Judiciário.

Justiça Militar de São Paulo passa a integrar Plataforma Digital do Judiciário

Instituída pela Resolução CNJ n. 335/2020, a Plataforma Digital do Poder Judiciário Brasileiro (PDPJ-Br) tem como principal escopo incentivar o desenvolvimento colaborativo entre os tribunais, consolidando a política para a gestão e expansão do Processo Judicial Eletrônico (PJe). O principal objetivo é modernizar a plataforma do PJe e transformá-la em

Justiça Federal de MS e SP faz treinamento para advogados sobre PJe

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) está com inscrições abertas para treinamento sobre o Sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe), voltado para advogados. O curso tem duração de quatro horas e será ministrado em cinco turmas no mês de setembro. As aulas ocorrem em única data para cada grupo:

Tela do Digitômetro em 30 de agosto de 2022.

Tribunal paraense alcança marca de 99,5% de processos digitalizados

Faltam menos de 5 mil processos físicos para o Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) ter o acervo processual 100% digitalizado e virtualizado. O Digitômetro, que demonstra o acompanhamento da digitalização de processos físicos no Índice de Casos Eletrônicos (Icele), está em 99,55%. Entre 2021 e 2022, foram migrados 605.057

Foto mostra as mãos de uma pessoa usando um computador com dois monitores. Em um deles, está a logomarca do PJe.

Justiça Federal da 1ª Região migra 260 mil processos para PJe em três meses

Em menos de três meses, as unidades de primeira e segunda instância do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) migraram mais de 260 mil processos, entre físicos e digitais, para o sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe). Os processos tramitavam nos sistemas legados JEF Virtual, PJD-EF e e-Jur, que serão

Arte mostra as mãos de um homem digitando em um notebook e, cobrindo o corpo dele, grafismos representando solução tecnológica.

Três em cada quatro tribunais já se integraram à Plataforma Digital 

A integração dos tribunais à Plataforma Digital do Poder Judiciário segue avançando. Até 17 de agosto, 68 tribunais já haviam concluído a integração, ou seja, 75% do total. E o acervo já alcança 22,8 milhões de processos ativos, o que representa 34% dos processos eletrônicos em tramitação no país. Esses

Ao fundo, foto desfocada de uma rua. À frente, uma mão segura um celular em que o aplicativo Pardal está sendo acessado. Texto: Já conhece o aplicativo Pardal? O aplicativo Pardal permite o envio de denúncias com indícios de práticas indevidas ou ilegais no âmbito da Justiça Eleitoral.

Aplicativo Pardal recebe denúncias de irregularidades na propaganda eleitoral

O aplicativo Pardal já pode ser utilizado pelo público em geral para o envio de denúncias de propaganda eleitoral irregular nas Eleições 2022. Ele funciona como um sistema que fortalece os princípios da participação popular, da transparência e da lisura do pleito. O Pardal pode ser baixado gratuitamente em celulares

A
Fechar Menu