Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Laboratório de Inovação promove trabalho em rede na Justiça gaúcha
Laboratório de Inovação promove trabalho em rede na Justiça gaúcha
Foto: TJRS

Os integrantes da Comissão de Inovação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (INOVAJUS/TJRS) apresentaram o projeto do Laboratório de Inovação do Poder Judiciário Estadual, o Labee9, em reunião virtual realizada no dia 27 de novembro. A iniciativa prevê um espaço de construção colaborativa com soluções inovadoras para problemas reais.

O objetivo do Labee9 é integrar diferentes visões para propiciar um lugar de experimentação e cocriação de novas demandas, com foco nas necessidades do usuário. A atuação do Laboratório será de forma multidisciplinar e em rede, integrando instâncias, órgãos, setores do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul e parcerias público-privadas, utilizando métodos modernos, centrados na experiência de magistrados e servidores.

O Presidente do INOVAJUS, desembargador Ricardo Pippi Schmidt, salientou que é preciso conectar todo o TJRS e ouvir quem está na “linha de frente” percebendo as necessidades e as boas iniciativas. “A pretensão é que o Laboratório de Inovação trabalhe em formato de rede de colaboradores, com foco nas pessoas.”

Ao longo da apresentação, a coordenadora executiva do Laboratório, assessora da Corregedoria-Geral da Justiça Sheron Garcia Vivian, destacou que a pretensão é que os colaboradores se sintam pertencentes desse projeto institucional. “Precisamos do apoio e da colaboração de todos para formatarmos uma rede multidisciplinar, horizontal e integrativa que propicie a interação e a troca de conhecimento entre magistrados, servidores e demais integrantes do sistema de justiça. Precisamos contar com a rede de colaboradores do Labee9 para a criação do futuro do Poder Judiciário gaúcho.”

Apresentado o propósito do Laboratório, de que todos conectados podem tornar o Judiciário gaúcho ainda mais eficiente, com soluções inovadoras, os participantes da reunião foram convidados a colaborar indicando forças, fraquezas, ameaças e oportunidades do projeto.

O Labee9 será administrado pelo Conselho Gestor, constituído pelos integrantes da Comissão de Inovação (INOVAJUS). Participaram da reunião, o desembargador Ricardo Pippi Schmidt, presidente do INOVAJUS, o juiz-corregedor André Luis de Aguiar Tesheiner, a assessora Sheron Garcia Vivian, os juízes Ana Cláudia Cachapuz Silva Raabe, Lizandra dos Passos e Daniel Englert Barbosa, o diretor de Tecnologia da Informação, Antonio Braz da Silva Neto, e as servidoras Carla Melo Amarelle e Priscila Ribas Azambuja representando, respectivamente, os servidores do 2º e do 1º grau de jurisdição.

Também participaram do evento a juíza-corregedora Cristiane Hoppe, o juiz Daniel Neves Pereira, além dos integrantes da rede de colaboradores que está em formação Ilton Gomes De Ornelas Filho, Carine dos Santos Camargo e Silvia Levenfus, Felipe Fonseca Salerno, Denise Salvadori Virti e Edson Luís Cabrera dos Santos.

Fonte: TJRS

A
Fechar Menu