Portuguese PT English EN Spanish ES
DataJud entra em reta final com novos painéis para saneamento de dados
DataJud entra em reta final com novos painéis para saneamento de dados
CNJ realizou a quinta edição do Webinar de Aprimoramento do DataJud. FOTO: Romulo Serpa/Ag.CNJ
Compartilhe

Mais de 250 servidores e servidoras de todos os ramos da Justiça brasileira participaram da quinta edição do webinar de aprimoramento da Base Nacional de Dados do Poder Judiciário (DataJud). Os especialistas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresentaram dois novos painéis do sistema, que chega à reta final para se tornar a principal base de dados de todo o Judiciário.

Um deles é o Painel de Saneamento. Com ele, os próprios juízes, juízas, servidores e servidoras poderão ajustar os dados de processos judiciais inseridos no DataJud. “Esse trabalho vai ser muito importante para termos as informações mais fidedignas possíveis, principalmente nos itens ‘Classes’, ‘Assuntos e ‘Partes’”, explicou Isabely Mota, pesquisadora do Departamento de Pesquisas Judiciárias do CNJ. O departamento é o responsável pela implementação da ferramenta.

Outro painel apresentado durante o encontro foi o Painel de Acompanhamento. Por meio dele, o CNJ e os tribunais poderão verificar a evolução do trabalho realizado para sanear os dados. O painel mostra, por exemplo, que, em 2021, os tribunais intensificaram o trabalho e conseguiram reduzir consideravelmente o percentual de erros. Na Justiça Eleitoral, esse percentual está em menos de 8% em todos os seus processos.

DataJud

O DataJud é o banco de dados da Justiça que armazena de forma centralizada dados e metadados processuais relativos a todos os processos físicos ou eletrônicos, públicos ou sigilosos, dos tribunais brasileiros. Ao longo de 2021, uma série de webinars estão acontecendo para disseminar e debater a importância de envio de dados saneados. Os eventos são voltados para as equipes que trabalham com geração, análise e verificação de dados e aos gestores da área.

Este foi o quinto encontro de aprimoramento da Base Nacional. Na primeira edição, realizada em 19 de fevereiro, foi apresentado o novo Validador de XML. No módulo 2,  em 5 de março, houve a apresentação do novo Painel de Saneamento. E no módulo 3, realizado em 9 de abril, foi apresentado o Faxinajud, plataforma vencedora do CNJ Inova. Em 27 de maio foi apresentado quarto encontro, no qual foi divulgado o Prêmio CNJ de Qualidade, que passou a ter acompanhamento em tempo real da pontuação de cada critério.

Paula Andrade
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu