Portuguese PT English EN Spanish ES
Com 92% de acordos atingidos durante mutirão, Pará bate meta do CNJ
Com 92% de acordos atingidos durante mutirão, Pará bate meta do CNJ

Um total de 92% de acordos foram homologados durante o 6º mutirão de conciliação do Centro Judiciário de Solução de Conflito (Cejusc Varas de Família), do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), de 10 e 11 deste mês, no Fórum Cível de Belém. Das 128 audiências agendadas, foram realizadas 117 conciliações em processos relacionados a divórcio, união estável, guarda de filhos e alimentos.

O resultado atende a Meta 3 fixada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que visa aumentar os casos solucionados por conciliação. Desde maio, o Cejusc Varas de Família já soma 393 conciliações em seis edições do mutirão.

Os ganhos foram comemorados, dada a complexidade em processos de família. “A moeda das questões de família é o emocional. Então, buscamos oferecer o melhor acolhimento possível, inclusive a conscientização de passar um Natal em paz, depois da resolução dos conflitos”, afirmou a coordenadora do Cejusc Varas de Família, juíza Elvina Gemaque Taveira.

De todos os mutirões realizados no ano pelo Cejusc, o Conciliando no Natal foi o que mais atraiu partes e advogados, diz a magistrada. “Percebemos que as pessoas começaram a chegar com alegria nos mutirões para resolver os processos”, conta. “Tivemos pessoas que vieram pedir que o seu processo fosse incluído. Isso é muito positivo. As pessoas estão querendo dialogar”, completou. A ação mobilizou mais de 30 pessoas entre servidores, conciliadores, juiz, promotor e defensor público, além da equipe de apoio.

Fonte: TJPA

A
Fechar Menu