Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Click Jud facilita o cotidiano de trabalho de advogados
Click Jud facilita o cotidiano de trabalho de advogados
Foto: Ascom TJMT

Franciane Cardoso Costa Leite é advogada com escritório em Várzea Grande (MT) e defende causas tanto no município, quanto em Cuiabá, assim como nas demais cidades do interior e até fora de Mato Grosso. Para dar conta de trabalhos em diferentes localizações geográficas, ela usa a tecnologia a seu favor e o Click Jud, web app criado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, é um exemplo.

“O Click veio para auxiliar os advogados e tem auxiliado e muito! Eu utilizo para consultar processos. Por exemplo: eu preciso saber se o processo está disponível para que eu faça carga. Ao invés de eu ir ao fórum, eu entro no aplicativo e consulto. Se o processo está disponível, eu vou lá, se não, eu não preciso me deslocar do meu escritório porque eu consigo ver essa disponibilidade dentro do aplicativo”, exemplifica.

A advogada conta que, além do uso para consumo interno, também faz a consulta processual para dar satisfações a clientes que pedem informações atualizadas de suas ações judiciais. “Eu entro, consulto o processo, vou na última movimentação, tiro um print da tela e envio para o meu cliente. Se ele tiver alguma dúvida, ele me liga e eu esclareço a ele essas informações”, relata. Franciane não utiliza, mas, pelo Click Jud, também é possível compartilhar o andamento processual como link no WhatsApp.

A operadora do Direito ainda ensina e orienta seus clientes a utilizarem o Click Jud para estarem a par de todas as movimentações, prazos e decisões que lhe afetam. “É importante destacar que o aplicativo não é exclusivo para advogados. Mas como o advogado tem mais facilidade de lidar com as plataformas da Justiça, o cliente acha que é só dele. Não. O que eu estou fazendo hoje? Eu oriento os meus clientes a baixarem o aplicativo e ensino eles a olharem o andamento dos processos deles. Fica até mais fácil para o advogado quando o cliente entende o que está acontecendo com o processo”, afirma.

Confirmando o que a advogada já constatou, o Click Jud é útil para todos aqueles que buscam a Justiça, partes em processos, advogados, magistrados, servidores, população em geral. Nele é possível ver as pautas de julgamento, conferir uma intimação através de leitura de QR Code, emitir guias e certidões, visualizar holerite e folha de ponto (no caso de servidores), enviar elogios, críticas e sugestões para a Ouvidoria e muito mais serviços.

Franciane utiliza o web app (site na internet que se comporta como um aplicativo de celular) do Judiciário matogrossense desde o seu lançamento, ocorrido no último trimestre de 2019 e o avalia com a nota 9. “É lógico que como o aplicativo é novo ele precisa de algumas melhorias. Mas é muito bom, é um aplicativo que auxilia bastante e eu recomendo que os advogados baixem e comecem a fazer uso, até mesmo pra gente mostrar para o Tribunal o que precisa ser melhorado”, justifica.

Visando melhorar cada vez mais a usabilidade do Click Jud, o coordenador de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Thomás Augusto Caetano, informa que quinzenalmente a ferramenta passa por nova atualização e uma nova versão é lançada, com avanços na funcionalidade, navegação e correção de eventuais falhas.

Franciane Cardoso reconhece a atenção do Tribunal para com sua categoria e elogia a iniciativa deste em criar ferramentas para aperfeiçoar as atividades. “O Judiciário de Mato Grosso está de parabéns. Eu advogo para outros estados e percebo que em Mato Grosso em específico, o Judiciário tem trabalhado para facilitar a vida dos advogados”, avalia.

Acesso

No endereço clickjudapp.tjmt.jus.br, fazer a autenticação (com a matrícula e senha, no caso de servidor do TJ. ou por meio do perfil no Google ou Facebook) e já começar a usar. Para não ter que digitar o endereço todas as vezes que quiser acessar, basta inclui-lo entre os favoritos, que o portal terá seu atalho aparecendo como um aplicativo, na tela inicial do aparelho.

Ao fazer login com o perfil das redes sociais, a busca processual é limitada aos andamentos. Para ter acesso a todo o conteúdo dos autos, é preciso acessar com o CPF.

A plataforma pode ser acessada pelo computador, tablet ou smartphone e está disponível nos sistemas operacionais Android, IOS e Windows.

Fonte: TJMT
A
Fechar Menu