Portuguese PT English EN Spanish ES
Tribunais se debruçam sobre método para concretizar transformação digital 
Tribunais se debruçam sobre método para concretizar transformação digital 
Foto: Arquivo/CNJ
Compartilhe

Para materializar a transformação digital na Justiça até 2026, servidores e servidoras da área de tecnologia dos tribunais se reúnem nesta semana para o curso a distância “Acelerando a Transformação Digital, Ágil, a Metodologia e Aplicação de OKRs, de acordo com a ENTIC-JUD de 2021-2026”. A capacitação tem o objetivo de envolver os tribunais para o êxito da nova Estratégia Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário (ENTIC-Jud). No total, foram oferecidas 95 vagas, uma vaga por tribunal, em todos os segmentos e regiões do país.

Segundo a Coordenadoria de Apoio à Governança de Tecnologia do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi realizado um levantamento de Governança, Gestão e Infraestrutura de TIC do Poder Judiciário em 2021, o iGovTIC-Jud. Os resultados mostraram que ainda há uma série de possibilidades de melhorias pelos tribunais nas diretrizes relacionadas aos dispositivos de Transformação Digital e Execução da Estratégia. Por isso, a importância de capacitações sobre este tema.

O curso contextualiza a transformação digital, os seus principais avanços tecnológicos e desafios no contexto público e do Poder Judiciário. Além disso, aborda estratégias e métodos para a materialização real da transformação digital, por meio da gestão de Projetos Digitais, utilizando Métodos Ágeis, e avaliação e monitoramento dos seus objetivos, resultados chave e metas definidas, com a utilização de OKRs. Ao final do treinamento, os alunos deverão entregar um plano de ação, desenvolvendo uma proposta de evolução da transformação digital e ágil no seu tribunal, se utilizando do modelo Project Canvas.

Estruturação do Judiciário

O treinamento é promovido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário, do CNJ, e possui carga horária de 34h. Além dos materiais didáticos disponibilizados virtualmente e das atividades a serem realizadas na plataforma de ensino a distância, o curso conta com cinco aulas telepresenciais, conduzidas pelo conteudista do curso e tutor da turma, Flávio Feitosa Costa. Ele ressalta que o objetivo dessa capacitação é auxiliar os tribunais a implementar integralmente as diretrizes e inovações da nova ENTIC-Jud até 2026, ajustando suas estruturas tecnológicas às necessidades de transformação digital, ágil e gestão com base na metodologia Objetivos e  Resultados-chave (OKR, na sigla em inglês).

A realização desse curso traz impactos estruturantes no âmbito do Poder Judiciário. Segundo Costa, qualquer ação voltada à transformação já vem carregada com uma série de desafios, principalmente no que tange o desenvolvimento de competências e mudança cultural. “Mais ainda, a transformação digital e ágil tem um complicador nesse sentido, que está relacionado aos impactos horizontais e orgânicos na organização. Vamos atuar de forma colaborativa na execução deste curso, para prover musculatura no enfrentamento destes desafios, que apesar de serem difíceis, trazem enormes benefícios para a sociedade.”

Agência CNJ de Notícias

Macrodesafio - Fortalecimento da estratégia nacional de TIC e de proteção de dados

Macrodesafio - Aprimoramento da gestão de pessoas

A
Fechar Menu