Portuguese PT English EN Spanish ES
Justiça 4.0: Parceria leva Balcão Virtual à Advocacia-Geral da União
Justiça 4.0: Parceria leva Balcão Virtual à Advocacia-Geral da União
Foto: CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) assinou, nessa terça-feira (5/10), um acordo de cooperação técnica para transferir conhecimento e tecnologia para a instalação do Balcão Virtual na Advocacia-Geral da União (AGU). A AGU busca se aproximar da população e tornar o atendimento mais ágil. “Ninguém sequer vai precisar sair de casa para falar com um advogado da União”, afirmou o presidente do CNJ, ministro Luiz Fux, durante a 339ª Sessão Ordinária.

Iniciativa do programa Justiça 4.0, que está desenvolvendo soluções tecnológicas para aprimorar a prestação de serviços do Judiciário, o Balcão Virtual é uma plataforma que oferece atendimento remoto e personalizado a partes e representantes em processos judiciais. “De início, disponibilizaremos ferramenta de videoconferência, que permitirá o contato com o nosso setor de atendimento, acelerando a amplo acesso aos órgãos da AGU e elevando ao máximo a interação dos advogados com a população em geral”, destacou o ministro da AGU, Bruno Bianco.

“O Balcão Virtual fará parte da política institucional da AGU”, enfatizou Bianco. Ele explicou que a AGU possui 330 unidades físicas, distribuídas em 147 cidades diferentes. E, somente em 2020, profissionais do órgão atuaram em mais de 8 milhões de processos. “Somos o maior escritório de advocacia do mundo”, comentou. “Com o Balcão Virtual, poderemos atender ainda mais pessoas interessadas em fazer acordos, pagar dívidas ou abrir processos.”

Justiça digital

A informatização dos serviços do Poder Judiciário é um dos eixos da gestão do ministro Luiz Fux à frente do CNJ. E o Balcão Virtual é uma importante ferramenta da Justiça digital, “segundo a visão estratégica que compartilho, de uma justiça mais célere, e que atenda de forma eficiente as demandas da população, em concordância com as diretrizes da Constituição Federal”.

O Programa Justiça 4.0, parceria do CNJ com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e o Conselho da Justiça Federal (CJF), foi criado para promover o acesso à Justiça, por meio de ações e projetos que empregam novas tecnologias e inteligência artificial. Hoje, 100% dos tribunais brasileiros já utilizam o Balcão Virtual em seus atendimentos.

Paula Andrade
Agência CNJ de Notícias

Reveja a Sessão no canal do CNJ no YouTube

Veja mais fotos no Flickr do CNJ
05/10/2021 339ª Sessão Ordinária do CNJ

A
Fechar Menu