Portuguese PT English EN Spanish ES
Justiça Federal no PR promove exposição virtual de processos históricos da Sala da Memória
Justiça Federal no PR promove exposição virtual de processos históricos da Sala da Memória

A Justiça Federal do Paraná (JFPR), por meio do Núcleo de Documentação (NDOC), preparou a “Exposição Virtual de Processos Históricos da Sala da Memória”. A exposição é realizada em comemoração ao Dia da Memória do Poder Judiciário, instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução nº 316, de 22 de abril de 2020. O dia 10 de maio foi a data designada, pois é a mesma da criação, em 1808, da Casa da Suplicação do Brasil, primeiro órgão de cúpula do Poder Judiciário brasileiro.

De acordo com o CNJ, a instituição de uma data própria é importante para valorizar e manter viva a memória dos tribunais e o legado das personalidades que fizeram a Justiça brasileira. Segundo o Ministro Dias Toffoli, presidente do CNJ e relator do Processo que deu origem à data, “os fatos e os acontecimentos que construíram a identidade cultural do Poder Judiciário devem ser preservados e valorizados. Além de vasto patrimônio material e imaterial, somos guardiões da história das personalidades que moldaram e construíram nossas instituições judiciárias. Ao reverenciarmos sua memória e impedirmos que o seu legado se desvaneça, nós os fazemos reviver”.

A JFPR possui mais de 3,5 mil processos e 36 mapas históricos digitalizados; mil deles já podem ser visualizados na íntegra na página da Instituição na internet, por meio do Projeto “Memória Online”. O acervo compreende os autos da 1ª fase da Instituição, no período de 1891 a 1937. Todo este acervo pode ser visitado AQUI.

No entanto, visando comemorar o Dia da Memória e dar maior visibilidade aos processos mais representativos de uma época, mais curiosos e interessantes, o NDOC selecionou alguns autos para destacá-los dos demais, assim como uma exposição presencial faria.

Você sabia que dentro do acervo histórico da JFPR está o processo que narra o assassinato do Barão do Cerro Azul? Que uma atriz, em 1921, foi obrigada a realizar exames de saúde por exercer “atividade suspeita de meretrício”? Que uma execução fiscal discutia tributos sobre um “lote de escravos”? Que um derrame de moeda falsa foi planejado utilizando-se de estátua encomendada para um cemitério?

E a comemoração do Dia da Memória também vai homenagear o servidor mais antigo em atividade na Justiça Federal do Paraná! Sabem quem é? Também há vídeos com depoimentos de Juízes que fizeram e fazem a História da JFPR.

E, então, ficaram curiosos? Que tal começar a visitar já esta Exposição?

Acessar a Exposição Virtual – Dia da Memória – Exposição Virtual aqui

E, para assistir aos depoimentos dos desembargadores federais, acesse:

Fonte: JFPR/TRF4

A
Fechar Menu