Portuguese PT English EN Spanish ES

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral e do Assédio Sexual e da Discriminação no Poder Judiciário, instituído por meio da Portaria n. 290/2020, tem por objetivo atuar na prevenção, no controle e no combate ao assédio moral, ao assédio sexual e à discriminação no Poder Judiciário.

Composição

Integram o Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral e do Assédio Sexual e da Discriminação no Poder Judiciário:

I – Salise Monteiro Sanchotene, Conselheira do Conselho Nacional de Justiça, que atua como Coordenadora;

II – Jane Granzoto Torres da Silva, Conselheira do Conselho Nacional de Justiça, subcoordenadora, atuará em substituição à coordenadora em suas ausências;

III – Ana Lúcia Aguiar, Juíza Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça;

IV – Roger Raupp Rios, Desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em representação aos tribunais regionais federais;

V – Mara Lina Silva do Carmo, Juíza Federal da Seção Judiciária de Minas Gerais, em representação à Justiça Federal;

VI – Luciana Paula Conforti, Juíza do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, Pernambuco, em representação à Justiça do Trabalho e aos tribunais regionais do trabalho;

VII – Maria Domitila Prado Manssur, Juíza do Tribunal de Justiça de São Paulo, em representação aos tribunais de justiça estaduais;

VIII – Rodrigo Victor Foureaux Soares, Juiz do Tribunal de Justiça de Goiás, em representação aos tribunais de justiça estaduais;

IX – Paulo de Tarso Tamburini Souza, Juiz do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e Juiz Auxiliar da Presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em representação à Justiça Eleitoral e aos tribunais regionais eleitorais;

X – Mariana Queiroz Aquino, Juíza Federal da Justiça Militar, em representação à Justiça Militar e aos tribunais de justiça militar;

XI – Celina Ribeiro Coelho da Silva, em representação aos(às) servidores(as) do Poder Judiciário;

XII – Carolina Rodrigues Costa, assistente social da Justiça Estadual de Santa Catarina, em representação aos(às) servidores(as) do Poder Judiciário;

XIII – Francisco Marcos Motta Budal, analista judiciário oficial de justiça avaliador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, em representação aos(às) servidores(as) do Poder Judiciário;

XIV – Meyse Reis Meira, em representação aos(às) colaboradores(as) terceirizados(as); e

XV – Maria Vitória Soldatelli Silva Bastian, em representação aos(às) estagiários(as).

Contato

 combateaoassedio@cnj.jus.br

A
Fechar Menu