Portuguese PT English EN Spanish ES
Curso para formação de instrutores tem início nesta segunda-feira
Curso para formação de instrutores tem início  nesta segunda-feira

O III Curso para Formação de Instrutores em Conciliação e Mediação, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), inicia nesta semana (de 10 a 14 de setembro), em Brasília, no auditório do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). As aulas serão ministradas para servidores dos tribunais de Justiça e voluntários que fizeram as inscrições, com a condição de que já possuam ao menos 32 horas de aulas em curso de formação em conciliação ou experiência de mais de 50 horas em mediação de conflito.

Entre os pontos considerados como critérios para a inscrição, destacaram-se experiência na área, tempo de docência e participações em treinamentos. As despesas com transporte e hospedagem dos servidores ficarão a cargo dos tribunais, que também deverão se comprometer a manter, posteriormente, o servidor em uma função em que ele possa lecionar cursos de capacitação de conciliadores, inclusive para servidores de outros tribunais.

Diretrizes – Apesar de gratuito, o curso avaliará os alunos no decorrer das aulas, e somente receberão certificado aqueles que forem considerados aprovados. O objetivo da capacitação é alinhar os treinamentos em conciliação e mediação dos tribunais à Resolução n. 125 do CNJ, que institui a Política Nacional de Conciliação do Judiciário e estabeleceu as diretrizes para implantação dessa prática consensual de resolução de conflito.

A conciliação e mediação são meios alternativos de resolução de conflitos. Na conciliação, um conciliador gerencia as negociações, avalia a situação e sugere propostas para que as partes alcancem um acordo. Já na mediação há menor influência de terceiros; o mediador faz o papel de um facilitador do diálogo com objetivo de identificar interesses comuns e solucionar o problema por meio da autocomposição.  
 
Conforme informações do comitê gestor da conciliação do CNJ, o mesmo curso será realizado para uma segunda turma no período de 15 a 19 de outubro.

Regina Bandeira
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu