Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
CNJ participa de reunião da Cúpula Judicial Ibero-americana
  • CNJ
CNJ participa de reunião da Cúpula Judicial Ibero-americana

Em reunião realizada em Buenos Aires (Argentina), a Cúpula Judicial Ibero-Americana debateu, entre outros temas, a criação da Rede de Integridade Judicial. Pela primeira vez presente no evento, ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) coube a tarefa da tabulação dos dados de uma pesquisa sobre a Integridade no Poder Judiciário.

Na reunião, que ocorreu na última semana (de 7 a 9 de novembro), foram feitas as primeiras oficinas preparatórias para a XX edição da Cúpula Judicial Ibero-Americana. O CNJ foi representado no evento pelo Secretário Especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do Conselho Nacional de Justiça, Richard Pae Kim, e pelo juiz auxiliar da Presidência Carl Olav Smith. O Assessor Chefe de Relações Internacionais do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Furlan da Silva também participou do evento.

Assessor Chefe de Relações Internacionais do STJ, Mauro Furlan da Silva; Secretário Especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do CNJ, Richard Pae Kim, e o juiz auxiliar da Presidência Carl Olav Smith

Na foto (esq para dir): o assessor chefe de Relações Internacionais do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Furlan da Silva , o Secretário Especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do Conselho Nacional de Justiça, Richard Pae Kim, e o juiz auxiliar da Presidência Carl Olav Smith. FOTO: Arquivo

As informações coletadas na pesquisa sobre integridade judicial, que será elaborada pela Colômbia ainda este mês, serão organizadas pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias do CNJ. A expectativa é que o trabalho seja finalizado na primeira quinzena de dezembro. A Plenária da XX Cúpula Judicial Ibero-Americana será realizada no Panamá em abril de 2020 e contará com a presença do ministro Dias Toffoli, presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal.

Histórico

Criada em 1999, a Cúpula Judicial Ibero-Americana tem como objetivo principal adotar projetos e ações em parceria, para promover o fortalecimento das instituições judiciárias. A organização, cuja Secretaria Permanente está sediada em Madri (Espanha), é composta pela alta direção do Poder Judiciário dose seguintes países: Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, Guatemala, El Salvador, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu