Portuguese PT English EN Spanish ES
Infu00e2ncia e Juventude. Foto: Luiz Silveira/Agu00eancia CNJ

Boas práticas pelos direitos das crianças serão difundidas em capacitação

Disseminar práticas para a proteção e o desenvolvimento de crianças na primeira infância. Esse é o objetivo da capacitação que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará em meio virtual entre 22 de junho e 3 de julho. Durante a capacitação, os participantes farão intercâmbio de conhecimentos sobre criação, implementação

Foto de still do programa, com a apresentadora Mariana Xavier à frente de telão com os dois entrevistados da edição

CNJ Especial Coronavírus debate mediação e conciliação nesta quinta (4/6)

Nesta quinta (4/6), o programa CNJ Especial Coronavírus debate a importância das soluções extrajudiciais de conflitos para reduzir a judicialização no país. Entre essas soluções, destacam-se a mediação e conciliação, que dão maior agilidade e qualidade ao Judiciário e se destacam como importantes instrumentos durante o período de pandemia do

Imagem: Texto Indisponível 41

Covid-19: participação social em privação de liberdade foi tema de debate

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promoveu na última quinta-feira (28/05) um encontro virtual com conselhos da comunidade e associações de egressos prisionais e familiares de pessoas presas para discutir estratégias de participação e controle social em estabelecimentos prisionais no contexto da pandemia do novo coronavírus. Cerca de 140 pessoas

Computador

Webinários para automação do PJe ampliam formação em TI para a Justiça

Mais de 800 pessoas de todos os estados brasileiros já participaram dos seis webinários do Programa de Formação para Automação Avançada no Processo Judicial Eletrônico (PJe). Organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o treinamento tem a a proposta de oferecer uma experiência permanente de formação em tecnologia aos técnicos

Sede do CNJ. Foto: Gil Ferreira/Agência CNJ

CNJ estabelece condições para retomada dos serviços presenciais do Judiciário

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, assinou nesta segunda-feira (1/6) a Resolução CNJ nº 322/2020, que estabelece as condições para a retomada dos serviços presenciais nos órgãos do Poder Judiciário no contexto da pandemia pelo novo coronavírus. O ato

Imagem: Texto Indisponível 50

16ª Semana Justiça pela Paz em Casa movimentou 30 mil processos

A última edição do esforço concentrado da Justiça para julgar processos de violência doméstica e casos de feminicídio, a Semana Justiça pela Paz em Casa, movimentou mais de 30 mil processos judiciais, viabilizou a concessão de 8,6 mil medidas protetivas de urgência e levou à realização de 68 sessões do

Imagem: Texto Indisponível 99

Com participação de advogados, Justiça deve manter julgamentos virtuais

A realização de sessões virtuais ou audiências por videoconferência na Justiça segue os parâmetros das normas aprovadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) durante o período da pandemia de Covid-19. Nesse sentido, o Conselho negou, por maioria, o recurso da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra norma do Tribunal

Imagem: Texto Indisponível 83

CNJ acompanha ações contra Covid-19 no sistema socioeducativo

O risco que o novo coronavírus representa ao contexto nacional de privação de liberdade também ameaça o sistema socioeducativo e vem mobilizando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para garantir a integridade dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa por ato infracional. Dados levantados até o dia 25 de maio

Imagem: Texto Indisponível 14

Corregedor nacional dá início à inspeção remota no TJPR

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, deu início, na manhã desta segunda-feira (1º/6), aos trabalhos de inspeção ordinária no Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) que prosseguem até sexta-feira (5/6). A abertura aconteceu por meio de videoconferência com o presidente do tribunal estadual, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira,

Foto: Arquivo

Etapa on-line do curso sobre a Primeira Infância começa em junho

Começa nesta semana a fase on-line do curso “Marco Legal da Primeira Infância e suas Implicações Jurídicas”. Quase 400 especialistas de todo o país já fizeram a etapa presencial da capacitação voltada para magistrados, servidores, promotores, assistentes sociais e demais atores do sistema de Justiça. O curso tem a carga

Contato
  • Durante o período emergencial, o atendimento à IMPRENSA está sendo feito exclusivamente por e-mail
  • Imprensa:61-2326-5472
  • Ouvidoria61-2326-4608
Newsletters

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Twitter
A
Fechar Menu