Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Projeto do TJDFT é destaque em encontro de gestão de pessoas

O Projeto Gestão de Pessoas com Deficiência, desenvolvido pelo Núcleo de Acompanhamento Funcional do TJDFT, foi selecionado como caso de sucesso pelo 3º Encontro Nacional de Escolas dos Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário, que aconteceu de 28 a 30 de setembro, em Florianópolis (SC). A 3ª edição do encontro foi organizada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina e apresentou o projeto exemplar do TJDFT, que além de desenvolver uma gestão eficaz da pessoa com deficiência, contemplando a dimensão ética pelo respeito à diversidade, integra o Banco de Boas Práticas do Judiciário.

O projeto surgiu da necessidade de conhecer a realidade do servidor com deficiência no TJDFT, o que foi viabilizado por meio da pesquisa Conhecer para Incluir. A partir dos dados obtidos na pesquisa foi possível instrumentalizar a Casa acerca das demandas de adaptação do ponto de vista físico-estrutural, bem como subsidiar a área de recursos humanos com informações capazes de permitir uma gestão eficaz dessa força de trabalho.

Elencada como ação do Plano Estratégico da Instituição na gestão 2008-2010, a pesquisa teve suas metas plenamente alcançadas, com destaque para a criação de uma área responsável por definir políticas e práticas de inclusão no TJDFT: o Núcleo de Inclusão – NIC.

O Projeto Gestão de Pessoas com Deficiência tem como unidades executivas a Subsecretaria de Gestão Integrada de Pessoas – SUGIP, o Serviço de Recrutamento e Seleção de Pessoal – SERESE, que realiza o acolhimento diferenciado do candidato com deficiência quando do seu ingresso na Casa, e o Núcleo de Acompanhamento Funcional – NAC, que realiza a entrevista de triagem visando a uma localização mais adequada e ao repasse de orientações pertinentes aos gestores, dentre outras.

A iniciativa de promover a inclusão da pessoa com deficiência partindo de uma pesquisa organizacional e chegando até a criação de um núcleo responsável pela articulação das políticas relativas ao tema, coloca o TJDFT na vanguarda do Poder Judiciário no que diz respeito à valorização da pessoa com deficiência, inserção social e difusão de valores relativos à diversidade.
 
Fonte: TJDFT

A
Fechar Menu