Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
Aumento da produtividade deve continuar como prioridade do Judiciário em 2014
  • CNJ
Aumento da produtividade deve continuar como prioridade do Judiciário em 2014

Representantes dos Conselhos e Tribunais brasileiros concluíram, nesta quinta-feira (12/9), no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a reunião preparatória para o VII Encontro Nacional do Poder Judiciário, com indicações de que pretendem manter como prioridade, para 2014, o aumento da produtividade e dos julgamentos, com atenção especial aos processos de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública.

De acordo com Ivan Bonifácio, diretor do Departamento de Gestão Estratégica do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), esses foram os pontos em comum a todos os ramos da Justiça. Durante o encontro preparatório, cada segmento do Judiciário apresentou suas prioridades, que serão analisadas pela Comissão Permente de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento, do CNJ, antes de serem apreciadas no Encontro Nacional, que será realizado em novembro, em Belém/PA. Entre as propostas, está a de promover o fortalecimento da primeira instância da Justiça, que está sobrecarregada de processos.

Os tribunais estudaram e ofereceram propostas para o aperfeiçoamento do Judiciário, comentou a ministra Maria Cristina Peduzzi, conselheira e presidente da Comissão Permanente de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento, do CNJ, ao ressaltar a importância do planejamento estratégico. Ela lembrou ainda a importância da definição de políticas de superação das dificuldades e de implantação das melhores práticas no Judiciário.

O juiz auxiliar da Presidência do CNJ Clenio Schulze explicou que os participantes da reunião optaram por estabelecer um número mais reduzido de metas, para permitir maior efetividade e a melhoria do controle por parte dos próprios tribunais.

Gilson Luiz Euzébio
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu