Portuguese PT English EN Spanish ES
Aumento da produtividade deve continuar como prioridade do Judiciário em 2014
Aumento da produtividade deve continuar como prioridade do Judiciário em 2014

Representantes dos Conselhos e Tribunais brasileiros concluíram, nesta quinta-feira (12/9), no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a reunião preparatória para o VII Encontro Nacional do Poder Judiciário, com indicações de que pretendem manter como prioridade, para 2014, o aumento da produtividade e dos julgamentos, com atenção especial aos processos de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública.

De acordo com Ivan Bonifácio, diretor do Departamento de Gestão Estratégica do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), esses foram os pontos em comum a todos os ramos da Justiça. Durante o encontro preparatório, cada segmento do Judiciário apresentou suas prioridades, que serão analisadas pela Comissão Permente de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento, do CNJ, antes de serem apreciadas no Encontro Nacional, que será realizado em novembro, em Belém/PA. Entre as propostas, está a de promover o fortalecimento da primeira instância da Justiça, que está sobrecarregada de processos.

Os tribunais estudaram e ofereceram propostas para o aperfeiçoamento do Judiciário, comentou a ministra Maria Cristina Peduzzi, conselheira e presidente da Comissão Permanente de Gestão Estratégica, Estatística e Orçamento, do CNJ, ao ressaltar a importância do planejamento estratégico. Ela lembrou ainda a importância da definição de políticas de superação das dificuldades e de implantação das melhores práticas no Judiciário.

O juiz auxiliar da Presidência do CNJ Clenio Schulze explicou que os participantes da reunião optaram por estabelecer um número mais reduzido de metas, para permitir maior efetividade e a melhoria do controle por parte dos próprios tribunais.

Gilson Luiz Euzébio
Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu