Portuguese PT English EN Spanish ES
 
A ferramenta do CNJ auxilia órgãos na implementação de projetos e na tomada de decisões orientada por dados e números que permitem maior transparência nas ações e gestão mais eficiente. Elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2020, o Panorama de TIC do Poder Judiciário é uma ferramenta que reúne uma série dedados relacionados aos projetos e estratégias de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) na Justiça Brasileira. Os dados têm base no Índice de Governança, Gestão e Infraestrutura de TIC do Poder Judiciário (iGovTIC-JUD) e contempla insumos informacionais de todos os órgãos que compõem o Poder Judiciário.

O Panorama de TIC está dividido em oito abas temáticas, são elas: Orçamento de TIC; Força de Trabalho, Contratos TIC, IGOVTIC-Jud, Infraestrutura de TIC, Sistemas Judiciais e Administrativos e Connect-Jus. Como trata de um grande volume de dados, o painel utiliza técnicas de big data para a filtragem e correlação de dados de maneira mais transparente e inteligível aos usuários. Os dados são abertos à sociedade. A intenção do CNJ é auxiliar os órgãos na implementação de projetos de TIC pelo País por meio da gestão mais qualificada orientada por dados, já que o Panorama permite a centralização das informações de maneira mais ordenada e estratégica.

Aplicabilidade
Essa equalização entre Dados e Governança contempla o que há de mais inovador na atual Gestão por Resultados – norteada pelas necessidades do usuário dos serviços, no caso, o cidadão. Além de reverberar em ações práticas de accountability – quando o poder público entrega à sociedade a transparência de seus projetos baseados na ética e ações de valor.

Conheça os Benefícios:


– Centralização das informações de TIC, o que permite que os dados sejam acessados de maneira mais prática pelos órgãos;

– Transparência dos dados de TIC, incluindo orçamento e contratações, pois estes estão disponíveis à sociedade no Panorama e no site do CNJ;

– Exposição de grande volume de dados de TIC de maneira mais visual por meio de gráficos, oque torna a informação mais inteligível.

Os dados e o futuro

Em 2021, o CNJ pretende priorizar as frentes de trabalho voltadas à Governança e Gestão. Isso porque a temática tem sido muito apontada na gestão atual e debatida amplamente por todo o Judiciário. Além de significar representatividade aos pedidos claros da sociedade, que vão de encontro à realização de ações mais transparentes em todas as esferas do Poder Público.

O CNJ investe na atualização constante do Panorama de TIC, além da elaboração de planos para o ordenamento das informações ali constantes. Age também na colaboração e interlocução com os órgãos do Poder Judiciário.

Conheça o Panorama de TIC. 

 
A
Fechar Menu