Relatório do CNJ destaca novo exame da magistratura e paridade de gênero

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Edson Fachin, leu mensagem do Poder Judiciário ao Congresso Nacional, nesta segunda-feira (5/2), na abertura da 2ª Sessão Legislativa Ordinária da 57ª Legislatura. Ele também entregou o relatório anual do CNJ, referente às atividades de

Ilustração mostra o perfil de uma cabeça humana, com o cérebero iliminado e interligado por diversos pontos coloridos.

Inteligência Artificial: é possível o uso para aprimorar a segurança institucional

A utilização da Inteligência Artificial (IA) na área de segurança institucional nos tribunais pode contribuir para otimizar a qualidade da vigilância, contribuindo com a segurança dos trabalhadores do Poder Judiciário. Em artigo publicado no volume 7º da Revista Eletrônica do Conselho Nacional de Justiça – e-Revista CNJ, o agente da

Imagem de uma mulher usando um tablet. Ao lado esquerdo a logo e o texto: Oportunidades Justiça 4.0.

Programa Justiça 4.0 abre processo seletivo para 11 vagas

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) seleciona 11 pessoas para os cargos de associado de ciência de dados (7), IT project management associate (1), associado para produtos visuais (1) e assistente de comunicação (2). As oportunidades são para trabalhar no Programa Justiça 4.0 em tempo integral. Não

Fotografia em plano médio; mulher em uma sala de escritório, sentada e usando um computador que está sobre a mesa. Vestida com blusa de mangas compridas de tom azul claro, óculos de lente transparente e cabelos soltos cacheados de tom escuro.

Programa Justiça 4.0 capacita mais de 4 mil pessoas em 2023

O Programa Justiça 4.0 qualificou 4.249 pessoas – entre servidoras e servidores, magistrados e magistradas, estudantes e público em geral – em 2023, crescimento de 23% em relação a 2022. Foram oferecidos três cursos síncronos e 18 autoinstrucionais ao longo do ano passado. As formações visaram desenvolver competências em gestão

PNUD abre 36 vagas para atuação no Programa Justiça 4.0

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) seleciona 36 pessoas para os cargos de Analista devOps sênior (2), Analista de Inteligência Artificial (6), Analista desenvolvedor Python (1) e Associado de direito (27) para trabalhar no Programa Justiça 4.0. As oportunidades são para atuação em tempo integral. Não há exigência