Portuguese PT English EN Spanish ES

Em 28 de janeiro de 2021, por meio da Resolução n. 370/2021, foi instituída a Estratégia Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário (ENTIC-JUD) para o sexênio 2021-2026, em harmonia com os macrodesafios do Poder Judiciário, em especial o que trata do “Fortalecimento da Estratégia Nacional de TIC e de Proteção de Dados” – Resolução CNJ n. 325/2020. 

A ENTIC-JUD 2021-2026 tem como meta atingir no mínimo 75% dos órgãos do Poder Judiciário com nível de maturidade satisfatório no índice de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação (iGovTIC-JUD) até dezembro de 2026. 

Dessa forma, espera-se promover a melhoria da governança, da gestão e da colaboração tecnológica no âmbito do Poder Judiciário, visando direcionar e propiciar a eficiência, eficácia, efetividade e economicidade dos órgãos, com o objetivo de maximizar os resultados com otimização de recursos. 

A Estratégia Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário é orientada em seu preâmbulo pelos objetivos dos seguintes componentes:  

I – Objetivos estratégicos, distribuídos em três perspectivas: 

  1. a) Sociedade:

Objetivo 1: Aumentar a Satisfação dos Usuários do Sistema Judiciário; 

Objetivo 2: Promover a Transformação Digital; 

  1. b) Aprendizado e Crescimento:

Objetivo 3: Reconhecer e Desenvolver as Competências dos Colaboradores; 

Objetivo 4: Buscar a Inovação de Forma Colaborativa; 

  1. c) Processos Internos:

Objetivo 5: Aperfeiçoar a Governança e a Gestão; 

Objetivo 6: Aprimorar as Aquisições e Contratações; 

Objetivo 7: Aprimorar a Segurança da Informação e a Gestão de Dados; 

Objetivo 8: Promover Serviços de Infraestrutura e Soluções Corporativas. 

A
Fechar Menu