Portuguese PT English EN Spanish ES
Imagem: Texto Indisponível 25

O Selo Agenda 2030 é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça em parceria com a Organização das Nações Unidas e será concedido anualmente, até 2030, aos tribunais, como uma forma de reconhecimento das práticas que estiverem alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS. O objetivo maior é a internalização da Agenda 2030 no Poder Judiciário brasileiro.

A proposta consiste em premiar os tribunais que avançarem com ações de internalização da Agenda 2030, e prevê a classificação dividida em três categorias/Selos – Rubi, Esmeralda e Diamante.

A classificação atenderá aos seguintes critérios:

O regulamento da premiação será publicado em breve.

A
Fechar Menu