Portuguese PT English EN Spanish ES
Ilustração sobre o Fórum Digital do TJRO.

Plenário aprova mais 14 iniciativas para Portal de Boas Práticas do Judiciário

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, durante a 350ª Sessão Ordinária realizada na última terça-feira (10/5), 14 iniciativas dos tribunais para serem incluídas no Portal de Boas Práticas do Poder Judiciário. Quatro delas vão concorrer a prêmios neste ano. No eixo temático Acesso à Justiça, são duas,

Sobre foto da fachada do TJDFT, aplicação de selo com a marca da Semana no TJDFT.

Tribunal do DF promove Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), assim como todo o Judiciário, está atento ao combate e à prevenção do assédio moral e da discriminação no ambiente de trabalho. Como uma das ações, está promovendo pela primeira vez, entre os dias 2 e 6 maio, a Semana

Foto mostra computadores e telões ativos no Centro de Monitoramento do TJDFT.

Centro de Monitoramento garante disponibilidade e segurança de sistemas no DF

Atualmente, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) possui mais de 3 milhões de processos eletrônicos em tramitação, entre judiciais e administrativos. São milhares de dados que navegam diariamente pela rede do Tribunal. E, para garantir a disponibilidade e a segurança dos sistemas e informações do órgão,

Foto mostra três pessoas sentadas em uma mesa conversando durante a reunião.

Reintegração de posse: CNJ coleta práticas para protocolo

O intercâmbio de experiências de tribunais brasileiros em ações de remoção e reintegração de posse marcou a segunda reunião do grupo de trabalho destinado à elaboração de Protocolo de Reintegração Digna de Posse, realizada na quinta-feira (7/4), no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Durante o encontro, também foi definida a

Sobre fundo amarelo, tem o texto "AVISO!"

Tribunal do DF alerta para tentativa de golpes em supostos processos criminais

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) alerta que criminosos têm enviado e-mails que mencionam processos criminais em nome das vítimas e informam sobre possível audiência, sem data nem local definido. Tais envios têm contatos de pretensos advogados como remetentes. Esses e-mails fraudulentos contêm um link para

Foto em tons de verde com uma pessoa usando uma calculadora. Sobre a foto, o texto "Precatórios".

Normas para gestão de precatórios serão atualizadas

A fim de atualizar e aperfeiçoar as normas que regulamentam a atuação dos tribunais na gestão dos precatórios, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou um grupo de trabalho responsável por revisar a resolução atual que trata do tema, adaptando as regras às recentes modificações constitucionais. Instituído pela Portaria CNJ n.

Foto mostra duas crianças desenhando sentadas no chão. Há diversas tintas, pinceis e folhas com os desenhos.

Busca ativa transforma realidade de crianças que aguardam por adoção no Brasil

A Justiça está utilizando novas ferramentas para dar oportunidade às crianças em condições de adoção encontrarem uma família. Por meio da busca ativa, meninos e meninas de “difícil colocação” – grupos de irmãos; com idade avançada; ou com deficiências ou problemas de saúde – têm encontrado possibilidades de ter uma

Foto mostra uma cuidadora ao lado da crianças, que está sentada no chão brincando.

Adoções especiais: transformações sociais mudam perfil de pretendentes

As mudanças sociais têm afetado os resultados da adoção no Brasil – e para melhor. O contexto de inclusão abre as portas para que os índices de adoções, incluindo as especiais, cresçam a cada ano, encontrando famílias para crianças com difícil colocação, como as que sofrem de doenças físicas e/ou

Ilustração mostra a estátua de Têmis com a mão esquerda no ouvido, como se estivesse escutando. Texto: Ouvidoria TJDFT.

Justiça do DF investe no fortalecimento da Ouvidoria para aprimorar serviços

Quem já ouvia você, agora vai ouvir ainda melhor. O TJDFT publicou a Portaria Conjunta 26, de 14/3/2022, que confere autonomia institucional à sua Ouvidoria-Geral, aprimora o funcionamento da unidade e o atendimento prestado ao usuário da Justiça. A norma está em consonância com a Resolução  CNJ n. 432/2021, que dispõe sobre o

A
Fechar Menu