Portuguese PT English EN Spanish ES
Foto mostra visão geral do Plenário, com diversas pessoas sentadas em volta da bancada em U.

Repactuação do Rio Doce: discussões buscam consensos para propostas

Manejo de rejeitos, saúde e reassentamentos foram alguns dos temas que voltaram à discussão na 9ª e última rodada de negociações da Repactuação do acordo do Rio Doce, realizada entre os dias 10 e 13 de maio, mediadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os debates, relativos ao rompimento da

Foto mostra o conselheiro conversando com um produtor rural em frente à plantação.

Ribeirinhos do ES esperam soluções para danos à saúde e economia da região

Após visitar, na semana passada, comunidades que vivem às margens do Rio Doce, no Espírito Santo, o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Luiz Fernando Bandeira de Mello busca soluções para os danos causados pelo rompimento da Barragem de Fundão, seis anos atrás. Ele representa o CNJ no esforço

Foto mostra uma sala, com um telão ao fundo. Um pouco ` a frente e à direita do telão, o conselheiro Bandeira de Mello está falando para um grupo de pessoas sentadas.

Repactuação do Rio Doce avança em consensos para questões ambientais

As discussões sobre o plano de manejo dos rejeitos que permanecem na calha do rio Doce evoluíram para a construção de consenso entre os envolvidos na oitava rodada de negociações da Repactuação Rio Doce, realizada entre os dias 6 a 8 de abril, com mediação do Conselho Nacional de Justiça

Foto mostra as mãos das pessoas participantes da audiência segurando o acordo firmado.

Acordo aprovado pelo Plenário garante retomada das obras do Fórum de Imperatriz

O Núcleo de Mediação e Conciliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) fechou dois acordos com Tribunais de Justiça – o do Maranhão (TJMA) e o de Goiás (TJGO) – finalizando conflitos por meio da construção de alternativas consensuais ao litigio. Os acordos foram aprovados por unanimidade durante a 348ª

Foto mostra momento da audiência pública, com detalhe de algumas pessoas participantes sentadas e, ao fundo, a mesa principal com o conselheiro do CNJ falando e outras pessoas que a compuseram sentadas a seu lado.

Repactuação terá atingidos como prioridade, afirma conselheiro Bandeira de Mello

Propriedades rurais perdidas, terras impróprias para o plantio, pescadores que não têm mais condições de exercerem seus ofícios e centenas de famílias que ainda não foram incluídas em programas de reparação financeira. Essas foram algumas das situações encontradas pelo conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Luiz Fernando Bandeira de

Foto mostra pessoas participantes presencialmente na reunião, sentados em mesa em U.

Fórum de carreiras debate valorização de profissionais da área de tecnologia

A valorização e a adoção de medidas de estímulos a servidores e servidores da área de Tecnologia da Informação do Judiciário da União foram debatidas na 8ª Reunião do Fórum de Discussão Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União. O encontro, realizado na quarta-feira (23/3)

Fotomontagem mostra o conselheiro Luiz Fernando Bandeira e a ouvidora nacional da Mulher, Tânia Reckziegel.

Artigo – Ouvidoria judiciária: qualificação de serviços à população

Artigo publicado originalmente no Conjur, em 16 de março de 2022. Tânia Regina Silva Reckziegel* Luiz Fernando Bandeira de Mello** O Judiciário brasileiro tem muito a comemorar neste Dia do Ouvidor, celebrado no dia 16 de março desde 2012. Com pouco mais de 13 anos de história, as atuais Ouvidorias

A
Fechar Menu