Parentalidade na mesa

a mediação em contexto de disputa de guarda

Autores

  • Raquel Cavalcante dos Santos
  • Teresa Cristina Ferreira de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54829/revistacnj.v5i1.156

Palavras-chave:

Mediação, Relações familiares, Conflito

Resumo

A presente pesquisa aborda a mediação e seus recursos no contexto de disputa de guarda, tendo como objetivo geral identificar como suas técnicas podem auxiliar na resolução de conflitos dessa ordem. Foram objetivos específicos: analisar os aspectos emocionais que envolvem a dinâmica familiar em situação de conflito; apontar as técnicas que compõem um processo de mediação; refletir acerca dos benefícios da mediação nas relações familiares que estejam enfrentando uma disputa de guarda. É uma pesquisa de cunho qualitativo, exploratório e bibliográfico. A partir da análise dos materiais utilizados, foi possível concluir que as técnicas de mediação podem ser transformadoras no processo de ressignificação das relações familiares, tornando seus vínculos afetivos mais sólidos e a comunicação entre seus membros mais fortalecida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Cavalcante dos Santos

Psicóloga, Especialista em Psicologia Conjugal e Familiar; Supervisora do Programa Primeira Infância no SUAS e Presidente do Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, ambos na cidade de Aporá, Bahia. 

Teresa Cristina Ferreira de Oliveira

Advogada; Doutoranda em Família na Sociedade Contemporânea, Mestre em Família na Sociedade Contemporânea; Mediadora de conflitos; Especialista em Família, Relações Familiares e Contextos Sociais. 

Downloads

Publicado

2021-06-28

Como Citar

DOS SANTOS, R. C.; OLIVEIRA, T. C. F. de. Parentalidade na mesa: a mediação em contexto de disputa de guarda. Revista CNJ, Brasília, v. 5, n. 1, p. 200–2011, 2021. DOI: 10.54829/revistacnj.v5i1.156. Disponível em: https://www.cnj.jus.br/ojs/revista-cnj/article/view/156. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos