Portuguese PT English EN Spanish ES
Tribunal de Mato Grosso tem o 5º melhor desempenho do país

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso obteve a quinta melhor colocação entre os 27 tribunais de Justiça estaduais de todo o Brasil, segundo análise do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A corte mato-grossense foi avaliada quanto ao atendimento dos requisitos para implantação da gestão estratégica nas cortes, ou seja, se utilizam seus recursos humanos, tecnológicos e financeiros com eficiência na busca de excelência na prestação jurisdicional.

O mesmo documento demonstra que na região Centro-Oeste, composta por Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, a justiça mato-grossense lidera em primeiro lugar no mesmo quesito. Segundo o estudo, o Judiciário local implantou 65% dos requisitos de gestão estabelecidos pela Resolução nº 70/2009 (leia aqui) do CNJ.

A tendência é que este resultado melhore ainda mais. Em breve, todos os andamentos e resultados de projetos poderão ser consultados por qualquer cidadão pela internet por meio do Sistema de Gerenciamento de Projetos do TJMT. “Tivemos um excelente resultado. Logo os gestores e qualquer cidadão poderão acompanhar os andamentos de qualquer projeto corporativo desenvolvido ou em desenvolvimento pelo Poder Judiciário em tempo real. Ou seja, transparência total”, comentou o presidente da corte, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho.

Melhorias – A pesquisa, realizada em 2012 pelo CNJ, está compilada no Diagnóstico da Gestão Estratégica do Poder Judiciário. Foram utilizadas seis dimensões da gestão estratégica, sendo a primeira o Envolvimento da Alta Administração, ou seja, o comprometimento do presidente, vice-presidente, corregedor e servidores que ocupam cargos de direção com os objetivos estratégicos, com os resultados e com a adoção de inovações ou melhorias voltadas à modernização dos serviços. Também foram analisados outros critérios como Gestão Participativa; Estrutura Organizacional Tecnológica e Capacitação para Estratégia; Planejamento da Estratégia; Comunicação da Estratégia; e ainda Monitoramento e Execução da Estratégia.

Na prática, o bom desempenho alcançado pelo TJMT na pesquisa pode ser percebido pelo jurisdicionado nos projetos implantados pela Justiça Estadual para que se possa entregar, cada vez mais, uma prestação jurisdicional de qualidade. Entre os projetos consolidados está a criação da Central de Conciliação e Mediação de Segundo Grau de Jurisdição, instalada no TJMT, e a Central de Conciliação e Mediação da Capital, instalada no Fórum de Cuiabá, e que juntas trabalham solucionando por meio de acordos as ações judiciais em trâmite, permitindo uma redução significativa na taxa de congestionamento dos processos.

Outros tribunais – À frente do TJMT ficaram somente os estados de Sergipe (com 82% de cumprimento das metas), Rio Grande do Sul (76%), Rio Grande do Norte (72%), e Ceará (70%).

Fonte: TJMT

A
Fechar Menu