Portuguese PT English EN Spanish ES
Tribunais do Júri do DF ficam em 1º e 2º lugar em ranking nacional do CNJ
Tribunais do Júri do DF ficam em 1º e 2º lugar em ranking nacional do CNJ

Os Tribunais do Júri de Samambaia e de Ceilândia conquistaram, respectivamente, o 1º e o 2º lugar no ranking nacional de desempenho do Conselho Nacional de Justiça, que mede a produtividade das Varas. As duas unidades judiciais do DF foram as que tiveram as menores taxas de congestionamento, considerados todos os Tribunais do Júri com competência exclusiva do país, referente ao ano de 2019.

Os dados são do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (DPJ/CNJ). Quanto maior a produtividade e menor a taxa de congestionamento, melhor é o índice de desempenho da vara.

Para o Juiz Fabrício Castagna Lunardi, titular do Tribunal do Júri de Samambaia, “é uma alegria enorme ver o resultado de todo o esforço que temos empreendido para buscar mais celeridade e qualidade na prestação jurisdicional. Realizamos sessões plenárias de júri de segunda a sexta-feira, em todos os dias úteis”.

O juiz agradeceu o esforço conjunto de todos os atores e instituições para o alcance desse resultado, e em especial, o apoio concedido pela 1ªVice-Presidência a esse projeto de “mutirão permanente”. “É muito bom ver que o nosso trabalho e o nosso modelo de gestão estão dando certo. Estamos todos muito felizes. Renova a nossa motivação para buscar sempre melhorar”, acrescentou, por fim.

tabela.png

Confira o ranking nacional de desempenho, elaborado pelo CNJ, a partir do módulo de produtividade mensal, clicando aqui.

Fonte: TJDFT

A
Fechar Menu