Portuguese PT English EN Spanish ES
. . . . . .
STJ suspende prazos processuais até 9 de novembro após ataque a sistemas
STJ suspende prazos processuais até 9 de novembro após ataque a sistemas
Foto: STJ

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) comunica que a rede de tecnologia da informação do tribunal sofreu um ataque hacker, nessa terça-feira (3/11), durante o período da tarde, quando aconteciam as sessões de julgamento dos colegiados das seis turmas. A Presidência do tribunal já acionou a Polícia Federal para a investigação do ataque cibernético. Por precaução, os prazos processuais seguem suspensos até a próxima segunda-feira (9/11).

A Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STI) está trabalhando na recuperação dos sistemas dos serviços oferecidos pela Corte. As demandas que importem em perecimento de direito (demandas urgentes, como liminares em habeas corpus) estarão centralizadas na Presidência do STJ também até segunda-feira (9/11). As petições podem ser encaminhadas ao e-mail protocolo.emergencial@stj.jus.br.

Todas as sessões de julgamento, virtuais e/ou por videoconferência, estão suspensas ou canceladas até restabelecida a segurança do tráfego de dados nos nossos sistemas. A resolução com a determinação é assinada pelo presidente do STJ e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins.

Veja a íntegra da resolução que suspende os prazos

A área de TI do STJ recomendou aos usuários – ministros, servidores, estagiários e terceirizados – que não utilizem computadores, ainda que os pessoais, que estejam conectados com algum dos sistemas informatizados da Corte, até que seja garantida a segurança do procedimento.

Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu