Portuguese PT English EN Spanish ES
Em sessão realizada por meio de videoconferência, o TJAM elegeu o desembargador Domingos Jorge Chalub Pereira como novo presidente - Fotos: Raphael Alves

Tribunais orientam usuários sobre plataforma de videoconferência

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai difundir as maneiras criativas com que os tribunais brasileiros estão ajudando os usuários do Sistema de Justiça a utilizar a Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais. A ferramenta foi disponibilizada em 31 de março pelo CNJ, para que as cortes pudessem manter

Foto da sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG)

Novo fórum em Candeias, no sudoeste mineiro, será inaugurado de forma remota

Depois de realizar quase 6 mil videoconferências em matérias jurisdicionais, desde o início do isolamento social, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais fará nesta sexta-feira, 22 de maio, sua primeira inauguração por via remota. Às 10h, o presidente Nelson Missias de Morais entregará à comunidade de Candeias, no sudoeste

Imagem: Texto Indisponível 90

310ª Sessão Ordinária celebra o Dia da Memória do Judiciário

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) se reúne nesta terça-feira (12/5) por videoconferência para realização da 310ª Sessão Ordinária. Na sessão, o órgão celebra o recém-criado Dia da Memória do Poder Judiciário. Em seguida, os conselheiros analisam pauta de treze itens. A data comemorativa em 10 de maio

Imagem: Texto Indisponível 53

Plataforma de videoconferência viabilizou 20 mil reuniões

As atividades do Poder Judiciário estão sendo realizadas especialmente com o uso da tecnologia durante o período de crise causado pela pandemia da COVID-19. Pela Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais, disponibilizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aos tribunais, já foram feitas 20 mil reuniões desde o lançamento

Imagem: Texto Indisponível 64

308ª Sessão do CNJ tem sustentação oral por videoconferência

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reúne na terça-feira (14/4) para a realização da 308ª Sessão Ordinária. Os conselheiros analisam 13 itens da pauta publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJe) de 2/4/2020. Na segunda sessão de julgamento do Conselho neste formato desde a declaração de pandemia provocada

Imagem: Texto Indisponível 48

Plataforma emergencial viabiliza atos processuais por videoconferência

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai disponibilizar a todos os tribunais do país uma plataforma digital segura para a realização de audiências e sessões de julgamentos por videoconferência. A “Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais” permitirá ampliação do trabalho dos magistrados enquanto o período emergencial de saúde, causado

Foto: Ascom TJAC

Videoconferência muda o formato de audiências

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) vem passando por uma grande modernização. A principal delas é a audiência por videoconferência. Mesmo em caráter experimental, a nova modalidade já é realidade nas Comarcas e presídios de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. A virtualidade possibilita, durante uma audiência,

Sistema de videoconferu00eancia TJAMFoto: Chico Batata

Videoconferência passa a ser usada em audiências de réus presos

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) realizou na sexta-feira (26) as três primeiras audiências por videoconferência que marcaram o início da adoção do sistema pelas Varas Criminais em processos envolvendo réus presos nas unidades prisionais da capital. A medida é resultado de parceria do TJAM com o Governo do

Tribunais brasileiros adotam a videoconferu00eancia para acelerar tramitau00e7u00e3o de processos. FOTO: Heloisa Medeiros

Projeto prevê instalação de sistema de videoconferência

O vice-presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Laudivon Nogueira, apresentou ao diretor do Departamento Penitenciário Nacional, (Depen), Fabiano Bordignon, em Brasília/DF, o projeto, de iniciativa do Poder Judiciário acreano, de instalação do sistema de videoconferência destinado às pessoas recolhidas ao sistema prisional e aos processos que tratam

Centro de soluu00e7u00e3o de conflitos usou canal pela primeira vez em julho de 2018 (Gil Ferreira/Agu00eancia CNJ)

Justiça do DF realiza 34 sessões de conciliação por vídeo em 6 meses

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania dos Juizados Especiais Cíveis – CEJUSC-JEC/BSB do TJDFT inova com a utilização de videoconferência para realizar sessões de conciliação à distância. Desde de julho de 2018, quando foi feita a 1ª audiência, até o final do ano passado, foram realizadas

Cejusc de Patos de Minas realiza audiu00eancia u00e0 distu00e2ncia. FOTO: TJMG

Sistema do CNJ permite mais de 100 videoconferências ao mês

Chamadas de vídeo são cada vez mais usadas para comunicação entre os tribunais brasileiros. Eles dispõem do Sistema Nacional de Videoconferência (SNV), mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) desde 27 de outubro de 2015. De lá para cá, o total de conexões pelo canal, em alta há três anos,

Imagem: Texto Indisponível 57

Juiz criminal usa WhatsApp para ouvir testemunha, em Palmas

Buscando dar agilidade ao processo e comodidade a um depoente enfermo, o juiz Rafael Gonçalves de Paula, da 3ª Vara Criminal de Palmas, realizou, nesta quinta-feira (25/10), uma audiência por meio de chamada de vídeo do aplicativo WhatsApp. A iniciativa pioneira no Judiciário do Tocantins utilizou a ferramenta para colher

Deslocar ru00e9us da prisu00e3o local gera custos financeiros e riscos de seguranu00e7a (Gil Ferreira/Agu00eancia CNJ)

Justiça Federal em Uberaba (MG) adota videoconferência com presos

A Subseção Judiciária de Uberaba/MG estabeleceu o Projeto de Audiências por Videoconferência com réus presos com o objetivo de solucionar a questão do deslocamento de presos da penitenciária local, já que esse procedimento demandava recursos financeiros e humanos e causava riscos à segurança pública. Com iniciativa da juíza federal Cláudia

Soluu00e7u00e3o usada em Rondonu00f3polis foi desenvolvida pelo Conselho Nacional de Justiu00e7a (CNJ) (Divulgau00e7u00e3o/TJSP)

Centro federal de conciliação adota sistema de videoconferência, em MT

O Centro de Conciliação da Subseção Judiciária de Rondonópolis/MT passou a contar com mais uma ferramenta tecnológica para realização de audiências de conciliação com a adoção do Sistema de Videoconferências, desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O recurso busca facilitar a solução consensual de conflitos e aproximar as partes,

Videoconferência: tribunal instala tecnologia em presídio gaúcho

Prestes a instalar uma das cinco novas Varas de Execuções Criminais Regionais do Estado, a Comarca de Caxias do Sul ganhou nesta tarde (4/6) um importante reforço: a implantação de duas salas de videoconferência na Penitenciária Estadual do Município. Até o final de 2018, a Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) planeja

Conciliação: audiência por vídeo facilita acordos na Justiça gaúcha

A Comissão de Inovação e Integração da Corregedoria-Geral da Justiça incluiu o Projeto de Audiências via Skype, da Comarca de São Leopoldo, na pauta que trata de práticas inovadoras para o aperfeiçoamento da jurisdição e da gestão administrativa. A intenção da Juíza de Direito Maira Grinblat, do 1º Juizado da

Imagem: Texto Indisponível 29

Videoconferência será usada em julgamento de militares em Minas

Na tarde de 23 de maio, foi inaugurado, no Fórum Orvieto Butti, em Pouso Alegre, sala equipada com o Sistema Nacional de Videoconferência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A ferramenta permite o julgamento remoto, por meio de teleaudiências, de processos que envolvem policiais militares e outros casos da competência

Videoconferências com réus presos ganham instalação na Justiça do CE

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) inaugurou oficialmente, nesta sexta-feira (18/05), as instalações próprias para realização de audiências com réus presos por meio do sistema de videoconferência. A estrutura conta com cinco salas equipadas especificamente para essa finalidade, localizadas no Fórum Clóvis Beviláqua (FCB), além de um equipamento móvel,

CNJ faz um ciclo de videoconferu00eancias sobre Metas Nacionais do judiciu00e1rio para 2019. FOTO: Gil Ferreira/Agu00eancia CNJ

Judiciário começa a preparar suas metas para 2019

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) faz um ciclo de videoconferências com os coordenadores eleitos da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário a fim de ressaltar a importância da formulação das Metas Nacionais para 2019 entre todos os segmentos da Justiça. O ciclo de videoconferências, que vai ocorrer ao

A
Fechar Menu