Portuguese PT English EN Spanish ES

O Cadastro Nacional de Instrutores da Justiça Consensual Brasileira (CIJUC) foi criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nos termos da Resolução n. 125/2010. Sendo que, em 2020, o CCMJ passa a funcionar dentro do ConciliaJud.

Como as capacitações são geridas também dentro desse mesmo sistema, quando a instituição formadora ou órgão de tribunal atesta a conclusão do curso de formação de  instrutores em mediação e conciliação, o profissional é inserido automaticamente no cadastro (art. 13, parágrafo único do Regulamento).

O CIJUC está disponível para consulta pública no Portal da Conciliação (https://conciliajud.cnj.jus.br/cijuc). A consulta pública exibe somente a relação de instrutores certificados (e com certificação válida), cujos cadastros estejam devidamente preenchidos (campos obrigatórios).

De acordo com o regulamento do curso de formação de instrutores em mediação judicial), após obter a certificação há dois anos, o instrutor deve ministrar pelo menos 1 (um) curso de capacitação de mediadores judiciais e conciliadores por ano, gratuitamente, ou participar, e ser certificado, em pelo menos uma ação de capacitação docente, por ano, oferecida pelo tribunal. Sendo que, os respectivos documentos comprobatórios devem ser cadastrados, no CIJUC, pelo Tribunal na qual atua o instrutor.

A
Fechar Menu