CEJUSC de Primavera do Leste-MT em 2018

as ferramentas da mediação tem obtido a eficiência desejada pelo Poder Judiciário?

  • Marina Soares Vital Borges Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso
  • Deizieli Ferreira da Silva Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso
Palavras-chave: Mediação, Poder Judiciário, Eficiência

Resumo

O artigo trata da mediação e conciliação no âmbito processual e pré-processual, com a utilização de técnicas que buscam a solução de conflito com protagonismo das partes envolvidas. O artigo analisa dados do ano de 2018, observando a eficácia do CEJUSC- Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania de Primavera do Leste/MT, tendo como finalidade confrontar o número de acordos realizados em relação ao número de sessões agendadas. No que tange à metodologia, foram extraídos dados e informações da base de dados do CEJUSC local, com referência aos acordos e sessões marcadas no ano de 2018. Além disso, foram realizadas diversas pesquisas bibliográficas sobre os temas relacionados a este material, com utilização de livros, artigos científicos e sites jurídicos. Este trabalho demonstrou que o índice de acordo é bastante significativo e consideravelmente maior nos procedimentos que ainda não foram judicializados, contudo, mesmo nos procedimentos processuais, quando se trata de mediações, o número de acordos é relevante.

Biografia do Autor

Marina Soares Vital Borges, Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Mestre em Direito pela UFSC em 2007. Graduação em Direito pela UFMT em 2001. Desde 2016 é Gestora do CEJUSC de Primavera do Leste-MT. Também é Facilitadora de Círculo de Paz, Supervisora, Instrutora e Mediadora Judicial cadastrada pelo CNJ.

Deizieli Ferreira da Silva, Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Acadêmica do 9º período do curso de Direito, estagiária do Tribunal de Justiça de Mato Grosso na Comarca de Primavera do Leste/MT e Facilitadora de Círculo de Paz.

Publicado
2020-12-12