Ganhos de Eficiência pela Inovação

Autores

  • Carlos Eduardo de Queiroz Pereira
  • Thiago Marvila Morais

Palavras-chave:

Auditoria Interna, Inovação, Monitoramento

Resumo

Ganhos de Eficiência pela Inovação. Os autores do artigo contextualizam sua abordagem na temática central do segundo dia do Fórum Permanente de Auditoria do Poder Judiciário, edição 2023 (Inovações em Auditoria Interna). Diante do mundo em acelerada transformação, enfatizam a importância de as organizações, privadas ou públicas, inovarem na busca por mais eficiência para melhor atender às demandas sociais em constante renovação. São apresentadas três práticas inovadoras recentemente implementadas pela Secretaria de Auditoria Interna do TRE-RJ: (i) novo rito de monitoramento de recomendações de auditoria, (ii) plano de tratamento de recomendações pendentes de implementação e (iii) instrumentos de comunicação efetiva. Concluem destacando a perseverança como elemento da cultura de inovação.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo de Queiroz Pereira

Secretário de auditoria interna do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) desde dezembro de 2021). Graduado em Engenharia Elétrica (Cefet-RJ, 1985) e em Direito (UnB, 2000), pós-graduado em Direito Público e Controle Externo (UnB, 2006), Direito Processual Civil (Damásio Educacional, 2016) e MBA Management (PUC-RJ, 2022). Foi auditor federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU, 1995-2019), onde também exerceu as funções de assessor do procurador-geral, assessor de ministro, chefe de Gabinete do corregedor, diretor-geral do Instituto Serzedello Corrêa, secretário de Controle Externo da Secretaria de Controle Externo das Estatais-RJ e da Secretaria de Controle Externo no Estado do Rio de Janeiro. Foi fiscal de rendas no Estado do Mato Grosso do Sul (1992-1995), analista de finanças e controle interno da Secretaria do Tesouro Nacional (1995) e engenheiro eletricista na Main Engenharia S.A. (1986-1992). Coautor do livro Sociedade Democrática, Direito Público e Controle Externo (TCU, 2006).

Thiago Marvila Morais

Técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) desde 2007, onde ocupa o cargo em comissão de assessor técnico da Secretaria de Auditoria Interna da Presidência desde 2022. Graduado em Direito (UFF, 2017), ocupou, ainda no TRE-RJ, as funções de assistente de gabinete da Secretaria de Auditoria Interna da Presidência (2019), assistente da Coordenadoria de Auditoria Interna (2021) e chefe da Seção de Auditoria de Governança Institucional e Processos Finalísticos (2021-2022), além do cargo em comissão de coordenador de Auditoria Interna (2019-2021). Foi técnico de atividade judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (2005-2007).

Referências

VUCA X BANI: Habilidades e estratégias para liderar um estilo de trabalho mundial. Linkedin, 2023. Disponível em: https://www.linkedin.com/pulse/vuca-x-bani-habilidades-e-estrat%C3%A9gias-para-liderar-um-evelyn-laureano/?originalSubdomain=pt. Acesso em: 11 de set. de 2023.

MANUAL DE OSLO Guia para coleta e interpretação de dados sobre inovação (OCDE). Repositório Digital/MCTI, 2023. Disponível em: https://repositorio.mcti.gov.br/bitstream/mctic/5406/1/2004_manual_de_oslo.pdf. Acesso em: 11 de set. de 2023.

DESTRUIÇÃO CRIATIVA. Wikipedia, 2023. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Destrui%C3%A7%C3%A3o_criativa. Acesso em: 11 de set. de 2023.

BRASIL, Conselho Nacional de Justiça. Resolução nº 171 de 1º de março de 2013. Dispõe sobre as normas técnicas de auditoria, inspeção administrativa e fiscalização nas unidades jurisdicionais vinculadas ao Conselho Nacional de Justiça. Publicada no DJe/CNJ nº 41/2013, de 5 de março de 2013, p. 2-11.

BRASIL, Conselho Nacional de Justiça. Resolução nº 309 de 11 de março de 2020. Aprova as Diretrizes Técnicas das Atividades de Auditoria Interna Governamental do Poder Judiciário – DIRAUD-Jud e dá outras providências. Publicada no DJe/CNJ nº 90/2020, de 1º de abril de 2020, p. 5-16.

______, Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. Secretaria Federal de Controle Interno. Manual de Orientações Técnicas da Atividade de Auditoria Interna Governamental do Poder Executivo Federal. Brasília: CGU, 2017.

______, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Resolução nº 900 de 18 de agosto de 2014. Dispõe sobre os procedimentos de auditoria, inspeção administrativa e fiscalização no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Publicada no DJe/TRE-RJ nº 207/2014, de 28 de agosto de 2014, p. 9-20.

______, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Resolução nº 1.139 de 27 de julho de 2020. Institui o Estatuto de Auditoria Interna do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Publicada no DJE/TRE-RJ nº 177, de 6 de agosto de 2020, p. 12-18.

______, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Resolução nº 1.176 de 24 de junho de 2021. Institui diretrizes técnicas para realização dos serviços de avaliação (assurance) e de consultoria (advisory) pela Unidade de Auditoria Interna do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Publicada no DJE/TRE-RJ nº 144, de 29 de junho de 2021, p. 78-88.

______, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Secretaria de Auditoria Interna da Presidência. Portaria nº 2 de 13 de março de 2023. Institui procedimentos para monitoramento das providências adotadas pelos titulares das unidades auditadas em relação às recomendações expedidas pela Secretaria de Auditoria Interna da Presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Publicada no DJE/TRE-RJ nº 67, de 15 de março de 2023, p. 18-20.

______, Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Secretaria de Controle Interno e Auditoria. Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria. Manual de Auditoria. Rio de Janeiro, 2015.

INSTITUTO DOS AUDITORES INTERNOS (THE INSTITUTE OF INTERNAL AUDITORS). Normas Internacionais para a Prática Profissional de Auditoria Interna. Tradução: Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil). Disponível em: https://iiabrasil.org.br//ippf/normas-internacionais. Acesso em: 11 de set. de 2023.

Downloads

Publicado

2024-01-18

Como Citar

de Queiroz Pereira, C. E., & Marvila Morais, T. (2024). Ganhos de Eficiência pela Inovação. Anais Do Fórum Permanente De Auditoria Do Poder Judiciário, 1(1), 61–69. Recuperado de https://www.cnj.jus.br/ojs/forumpermanenteauditoriapj/article/view/534