O que é inovação para a Auditoria Interna Governamental?

Autores

  • Tiago Chaves Oliveira Controladoria-Geral da União

Palavras-chave:

Inovação, Auditoria interna, Valor público

Resumo

Este artigo discute a conceituação e os requisitos necessários para a inovação nas instituições públicas. Esse debate foi um dos pontos discutidos no Fórum Permanente de Auditoria Interna, edição 2023, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O texto destaca a evolução da conceituação de inovação, o papel das unidades de auditoria interna no processo de inovação das organizações e registra parte da experiência da Controladoria-Geral da União na gestão de suas inovações. O artigo também aborda a importância da colaboração entre conhecimentos de negócio e de tecnologia, bem como o papel do patrocínio institucional, na promoção da inovação e eficiência nas organizações, principalmente nas unidades de auditoria interna governamentais.

Biografia do Autor

Tiago Chaves Oliveira, Controladoria-Geral da União

Coordenador-geral de Planejamento e Inovação da Secretaria Federal de Controle Interno (SFC) da Controladoria-Geral da União (CGU).

Referências

BENINGTON, J. From Private Choice to Public Value? In: BENINGTON, J.; MOORE, Public Value: Theory & Practice. Nova York: Palgrave Macmillan, 2011.

CAVALCANTE, P.; CUNHA, B.. É preciso inovar no Governo, mas por quê? In: CAVALCANTE, P., et al. Inovação no setor público: teoria, tendências e casos no Brasil. Brasília: Enap : Ipea, 2017.

CGU. Instrução Normativa n. 03/2017. Secretaria Federal de Controle Interno (SFC). Brasília. 2017.

COMISSÃO EUROPÉIA. Powering European public sector innovation: towards a new architecture. Brussels: Directorate General for Research and Innovation, 2013. Disponivel em: <https://ec.europa.eu/futurium/en/system/files/ged/42-public_sector_innovation_-_towards_a_new_architecture.pdf>. Acesso em: 30 ago. 2023.

CUNHA, B. Q.; SEVERO, W. D. R. Introdução. In: CAVALCANTE, P., et al. Inovação no setor público: teoria, tendências e casos no Brasil. Brasília: Enap : Ipea, 2017. p. 13-14.

DAVENPORT, T. H. Deloitte Insights. Purple people: The heart of cognitive systems engineering, 2015. Disponivel em: <https://www2.deloitte.com/uk/en/insights/focus/cognitive-technologies/artificial-intelligence-purple-people.html>. Acesso em: 04 Set 2023.

HIDALGO, ; ALBORS, J. Innovation management techniques and tools: a review from theory and practice. R&D Management, Oxford, v. 38, n. 2, p. 113-127, 2008.

ISO. ISO 56002:2019 Innovation management system. International Organization for Standardization. [S.l.]. 2019.

MA, Y. Full Coverage of Internal Audit Based on Value Chain Analysis. Journal of Finance and Accounting, v. 9, n. 6, p. 230-235, 2021.

OSBORNE, S.; BROWN, K. K. Managing change and innovation in public service organizations. Oxon: Routledge, 2010.

PMI. A guide to the Project Management Body of Knowledge - PMBOK Guide. 7th edition. ed. Newtown Square: Project Management Institute, Inc., 2021.

SCHUMPETER, J. The Theory of Economic Development. An inquiry into Profits, Capital, Credit, Interest, and the Business Cycle. Cambridge: Harvard University Press, 1934.

Downloads

Publicado

2024-01-18

Como Citar

Chaves Oliveira, T. (2024). O que é inovação para a Auditoria Interna Governamental?. Anais Do Fórum Permanente De Auditoria Do Poder Judiciário, 1(1), 36–42. Recuperado de https://www.cnj.jus.br/ojs/forumpermanenteauditoriapj/article/view/523