Justiça do Trabalho do Paraná instala sala de inclusão digital em escola de Palmas

You are currently viewing Justiça do Trabalho do Paraná instala sala de inclusão digital em escola de Palmas
Foto: Ascom TRT9
Compartilhe

A cidade de Palmas, no Sudoeste do Paraná, é a primeira do interior a receber estrutura do projeto de Inclusão Digital Roberto Dala Barba, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-PR). Em 17 anos de atividade, o projeto havia tido atividades em Curitiba, com atendimento a crianças de Almirante Tamandaré, município vizinho, e dois cursos realizados em Maringá, em 2011 e 2012, utilizando a estrutura do próprio fórum trabalhista.

Trinta computadores foram doados pelo Tribunal, com os respectivos monitores, além das cadeiras, mesas e outros móveis e refrigerador de ar necessários para instalar a sala de inclusão digital no Colégio Estadual Padre Ponciano José de Araújo, em Palmas. No último dia 7, a presidente do Tribunal, desembargadora Ana Carolina Zaina, visitou as instalações, que serão utilizadas no próximo ano letivo, quando estiverem concluídas as ligações elétricas e o sistema lógico digital. A presidente da Comissão de Responsabilidade Socioambiental do TRT, desembargadora Ilse Marcelina Bernardi Lora, responsável pelo projeto, não pode comparecer.

A desembargadora Ana Carolina agradeceu à direção da escola, aos professores e ao juiz do Trabalho de Palmas, José Vinicius de Sousa Rocha, assim como ao vereador Marcos Antônio Gomes e à pedagoga Silvana Ribas, ex-vereadora, pelo empenho para a concretização do plano traçado no primeiro semestre, durante visita realizada pela presidência do Tribunal à Escola no primeiro semestre.

A parceria, porém, vem desde 2019, quando a desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão, ex-presidente do Tribunal e coordenadora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Palmas. Na ocasião, as duas magistradas conheceram a realidade da escola e iniciaram conversações que resultaram na doação que equipou a sala de inclusão digital.

O projeto Dala Barba é realizado por servidores voluntários do TRT, no âmbito da Comissão de Responsabilidade Socioambiental, presidida pela desembargadora Ilse Marcelina Bernardi Lora. Tem a missão de ensinar noções básicas de informática, cidadania e direitos trabalhistas a jovens em situação de vulnerabilidade. Em Palmas, funcionará em parceria com o Instituto Federal do Paraná (IFPR) e terá coordenação da Vara do Trabalho local, tendo à frente o juiz titular da unidade, José Vinicius de Sousa Rocha. “Ajudará nossos adolescentes na expansão de seus horizontes e na construção de seus futuros, com conhecimento, vontade e dedicação”, diz a pedagoga Silvana Ribas, ex-vereadora da cidade, que atua no Colégio Padre Ponciano.

Fonte: TRT9

Macrodesafio - Fortalecimento da estratégia nacional de TIC e de proteção de dados