Portuguese PT English EN Spanish ES
Encontro em agosto debate a cooperação nacional entre os órgãos judiciais
Encontro em agosto debate a cooperação nacional entre os órgãos judiciais
Arte: CNJ

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Rede Nacional de Cooperação Judiciária, promove, nos dias 5 e 6 de agosto, o primeiro encontro nacional de juízes, juízas e núcleos de cooperação judiciária. O objetivo é fomentar as ações desses núcleos, promovendo a troca de experiências e a otimização dos mecanismos de cooperação, incentivando a inovação e a identificação e replicação das melhores práticas.

“Precisamos conhecer o atual estágio da cooperação judiciária bem como traçar estratégias para a difusão da cultura cooperativa mediante o compartilhamento, incentivo e aperfeiçoamento das boas práticas a ela afetas no Judiciário brasileiro”, explica o coordenador da Rede Nacional de Cooperação e conselheiro do CNJ Mário Guerreiro.

No encontro, será apresentado diagnóstico, que está sendo realizado junto aos tribunais estaduais, federais e trabalhistas, do estágio da execução da cooperação judiciária, avaliando as dificuldades para a disseminação e efetiva implementação da prática, instituída em 2015 por meio do Código de Processo Civil e regulamentado pelo CNJ na Resolução 350/2020. O trabalho está sendo realizado pelo grupo de pesquisa “Gestão de Unidades, Redes Organizacionais e Design Organizacional – GP2” do Mestrado Profissional da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Agência CNJ de Notícias

A
Fechar Menu