Portuguese PT English EN Spanish ES
Combate à violência contra a mulher é tema de ação do Judiciário

“Eu escolho uma vida sem violência. E você?”, este é o slogan da ação promovida pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A intervenção faz parte do evento realizado nesta segunda-feira (25/11), para promover o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, comemorado nesta dada. O evento, que tem como intuito mobilizar a sociedade em prol do combate aos crimes de gênero, foi agendado entre 15h e 22h, com programações nas instituições parceiras Shopping Rio Mar e Instituto João Carlos Paes Mendonça (JCPM).

A iniciativa conta ainda com a parceria do Núcleo de Apoio à Mulher (NAM) do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que vai promover a campanha “Ação bem-me-quer”. Durante o evento, está prevista a distribuição de material educativo, como uma cartilha sobre a Lei Maria da Penha, além de distribuição de marcadores e canetas; a realização de palestras, e ainda, a apresentação do espetáculo “Rosa Gente, Rosa Flor”, do grupo teatral ConuArte, que tem como enfoque a difusão da cultura da não violência de gênero. Serão aplicados questionários de pesquisa sobre o tema.

Para a juíza titular da 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca da Capital, Maria Thereza Paz de Sá Machado, a expectativa para o evento é promover a participação da comunidade no combate à violência de gênero. “A comunidade de Brasília Teimosa tem um índice muito grande de violência contra a mulher. O objetivo é contribuir para a formação de cidadãos conscientes das implicações das desigualdades de gênero e da importância da construção de uma cultura de não violência”, afirmou a magistrada.

A juíza Maria Thereza vai ministrar, às 19h, a palestra “O Poder Judiciário em Pernambuco na aplicação da Lei Maria da Penha”, no Instituto João Carlos Paes Mendonça. A palestra vai abordar temas como tipos de violência contra a mulher e a importância da legislação pertinente.

Data internacional – O dia 25 de novembro foi declarado como Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher em homenagem às irmãs Maria Teresa, Pátria e Minerva, conhecidas como “Las Mariposas”. Juntas, elas combateram as injustiças sociais do governo ditador da República Dominicana, Rafael Leônidas Trujillo, tendo sido brutalmente assassinadas nessa data, no ano de 1960.

Em 1991, 23 mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership), lançaram a Campanha dos 16 dias de ativismo com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. O período se inicia no dia 25 de novembro, encerrando-se em 10 de dezembro, quando se celebra o Dia Internacional de Direitos Humanos. Em 1999, para estimular governos e sociedade civil a combaterem a violência de gênero, a Organização das Nações Unidas proclamou esse dia como Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher.

Fonte: TJPE

A
Fechar Menu