Últimas páginas visitadas

O corregedor-geral da Justiça de Alagoas, desembargador Paulo Lima, reuniu, nesta segunda-feira (11), representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP/AL), Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), Polícia Militar e magistrados da 16ª Vara Criminal da Capital/ Execuções Penais, com o objetivo de viabilizar ações para minimizar a superlotação no sistema prisional do estado.

O desembargador Paulo Lima ressaltou a importância de haver um diálogo permanente entre as instituições e ouviu sugestões para dinamizar o trabalho do Poder Judiciário na área da segurança pública.

“Temos que atuar de mãos unidas, para superar as dificuldades enfrentadas nos presídios alagoanos. Além de criar novas vagas no sistema prisional é preciso aumentar o efetivo de agentes penitenciários”, pontuou o corregedor.

Segundo o secretário de defesa social, coronel Lima Júnior, as reformas realizadas nas delegacias do interior do Estado e a construção de novas casas de custódia vão desafogar o sistema prisional.

“As casas de custódia regionais, localizadas em Penedo, Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia vão diminuir a superlotação no presídio do Agreste. Algumas delegacias, como a de São Miguel do Campos, também estão sendo ampliadas”, ressaltou o coronel.

Fonte: TJAL


Tópicos: sistema carcerário e execução penal

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido