Menu
Siga o CNJ
Sustentabilidade, Consciência ambiental, Preservação ambiental
Na terceira edição, disputa entrega prêmios a servidores que mais pontuarem em preservação (Divulgação/TJSP)

Começou o TJ Sustentável 2017, competição entre os prédios do Judiciário paulista pela economia de recursos naturais e bens públicos. Com ajuda de um jogo virtual, as unidades participantes serão estimuladas a reduzir os consumos de água e energia, bem como a aquisição de papel sulfite. A edição deste ano também atuará na implantação da coleta seletiva nos edifícios.

Para apresentar o projeto, a presidência do Tribunal de Justiça, com o apoio da Escola Judicial de Servidores (EJUS), realizou no dia 7 um workshop para os 365 gestores prediais de todo o estado (presencial e por transmissão on-line), que serão responsáveis pela inserção dos dados de consumo no sistema. O presidente do TJSP, desembargador Paulo Dimas, não pôde comparecer ao evento.

A abertura do workshop ficou a cargo do juiz assessor da Presidência Valdir Marinho, que destacou e agradeceu a colaboração de todos os servidores e magistrados para o êxito das edições prévias (2015 e 2016). Lembrou que, a partir da publicação da Portaria nº 9.396/17, o TJ Sustentável se tornou uma política pública permanente, alinhada ao Plano de Logística Sustentável e ao planejamento estratégico do TJSP. “Somos cerca de 60 mil pessoas nos prédios do tribunal, potenciais agentes multiplicadores da responsabilidade socioambiental. Acredito que, dessa forma, estaremos contribuindo de maneira determinante para o futuro do planeta”, afirmou.

Servidores integrantes do comitê do projeto apresentaram as regras da competição e o funcionamento do sistema de informática. Ao final, foram respondidas dúvidas dos participantes.

Sustentabilidade

Em 2017, terceiro ano consecutivo do jogo, a meta dos prédios participantes é economizar água, energia e papel sulfite, bem como implantar a coleta seletiva. Cada unidade tem uma árvore virtual – hospedada no hotsite www.tjsp.jus.br/tjsustentavel, que entra no ar no dia 10/4 – e que ficará mais frondosa de acordo com os índices de economia obtidos, também transformados em pontuação.

Ao final da competição, que se estende de maio a novembro, o prédio com maior número de pontos é o vencedor. Como prêmio, recebe o “Selo Verde 2017”.

Além disso, entidades parceiras doaram dez bicicletas e trinta cestas natalinas, que serão distribuídas entre os três primeiros colocados da competição, para sorteio entre os servidores:

1º colocado – 5 bicicletas e 10 cestas

2º colocado – 3 bicicletas e 10 cestas

3º colocado – 2 bicicletas e 10 cestas

Fonte: TJSP


Tópicos: Sustentabilidade,Preservação ambiental,Consciência ambiental

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000/5001 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido