.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo

O Projeto de Segurança Patrimonial Integrada, elaborado pelo Ipraj com apoio da Assistência Militar para melhorar o controle do acesso às unidades do Judiciário baiano, já foi aprovado pela Mesa Diretora do TJ e será implantado de forma gradual a partir de março.

O prédio sede do TJ e o anexo são as primeiras unidades a receber o novo sistema, seguindo-se o Fórum Ruy Barbosa. As outras unidades serão o atual prédio do Ipraj (que abrigará as Varas Criminais), Juizados Especiais, cartórios extrajudiciais e comarcas localizadas na RegiãoMetropolitana de Salvador. O projeto prevê ainda a expansão para as
unidades do interior do Estado.

A ideia é utilizar esteiras de raio X, computadores, câmeras, portais detectores de metais, catracas de acesso (inclusive para veículos),fechaduras eletromagnéticas e cadastro eletrônico com foto, entre outros dispositivos, que deverão ser instalados nas salas de sessões,corredores, elevadores, garagens e no entorno dos dois prédios.

O projeto foi elaborado com base em um levantamento das necessidades do Judiciário e de pesquisa das experiências bem sucedidas em tribunais de diversos Estados, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe.
 
Fonte: Assessoria de Comunicação TJBA